segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Transformador subterrâneo da CEEE explode e fere uma pessoa

Uma mulher que caminhava pela avenida Borges de Medeiros, nas proximidades da rua Jerônimo Coelho, no Centro Histórico de Porto Alegre, teve ferimentos leves ao ser atingida pela tampa de um transformador subterrâneo da CEEE, na tarde de ontem.

O episódio, incomum na cidade, lembrou os bueiros da canalização de gás subterrâneo do Rio de Janeiro, que frequentemente explodem, ferindo gravemente ou até mesmo matando pessoas.

O incidente provocou falha no fornecimento de energia elétrica por cerca de dez minutos aos moradores do entorno, estimados pela empresa em cerca de 600 residências. No início da noite, uma nova interrupção breve foi necessária para a conclusão dos trabalhos de recuperação do transformador.

Quatro nomes são cotados para a liderança do governo Marchezan na Câmara

Ou Moisés Barbosa, do PSDB, ou Cláudio Janta, do SD, ou Luciano Marcantônio, do PTB. Os três vereadores são os mais cotados entre os nomes analisados pelo prefeito de Porto Alegre Nelson Marchezan Júnior (PSDB) para ser o líder do governo na Câmara Municipal.

Por fora, corre a vereadora Mônica Leal, do PP, partido do vice-prefeito Gustavo Paim e do secretário de Relações Institucionais, Kevin Krieger.

A escolha do líder deve acontecer tão logo Marchezan conclua a formação de seu secretariado.

Nomeação do novo comando da Brigada Militar contraria interesses do PMDB

O PMDB do RS está contrariado com o governador José Ivo Sartori, sua maior liderança. Isto porque ele nomeou os coronéis Andreis Dal’Lago e Mario Ikeda, respectivamente como comandante e subcomandante da Brigada Militar.

O partido desejava que, para um dos postos, fosse indicado o coronel Eduardo Biacchi, que tem filiação histórica no partido.

Atualmente, Biacchi está cedido à Secretaria da Justiça, sendo o principal nome de confiança da titular da pasta, Maria Helena Sartori.

Mercado revisou para baixo as projeções de juros para 2017 e para 2018

O mercado ajustou para baixo suas expectativas para a taxa de juros para o final de 2017 e de 2018, de acordo com as estimativas coletadas até o dia 13 de janeiro e divulgadas hoje pelo Relatório Focus do Banco Central. A taxa Selic para o final de 2017 passou de 10,25% para 9,75% e a taxa para o final de 2018 foi de 9,63% para 9,50%. 

Inflação - Além disso, as expectativas para o IPCA passaram de 4,81% para 4,80% para 2017 e se mantiveram em 4,50% para o final de 2018. 

PIB - Já a mediana das projeções para a o crescimento do PIB se manteve em 0,50% para o final de 2017 e passou de 2,30% para 2,20% para o final de 2018. 

Dólar - Por fim, a mediana das expectativas para a taxa de câmbio foi ajustada de R$/US$ 3,45 para R$/US$ 3,40 para o final de 2017 e permaneceu em R$/US$ 3,50 para 2018.


Deputado Jovair Arantes está em campanha no RS

Neste momento, o deputado federal Jovair Arantes (PTB-GO) concede entrevista coletiva no Hotel Everest, no Centro Histórico de Porto Alegre. Ele chegou ontem à noite ao RS, como parte de sua campanha à presidência da Câmara. O petebista está acompanhado do ministro do Trabalho Ronaldo Nogueira.

Após o encontro com a imprensa, Arantes será recebido pela governadora em exercício, deputada estadual Silvana Covatti (PP) e, em seguida, pelo prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB).

A agenda será encerrada com um almoço com deputados estaduais.

O goiano ganhou notoriedade ao elaborar o relatório que recomendou o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Dia de calor e previsão de chuva, nesta segunda, em Porto Alegre

No dia em cuja madrugada foi a mais quente do ano em Porto Alegre, com temperatura na casa dos 23 graus, a previsão é de que a máxima atinja 34.

Neste momento, chove forte na região Sul e na Fronteira Oeste. Vinda de um lado ou de outro, é certo que choverá na Capital ao longo do dia.

domingo, 15 de janeiro de 2017

Motim no RN resultou em 27 presos assassinados, decapitados e esquartejados

Ao menos 27 detentos morreram na rebelião da Penitenciária de Alcaçuz, considerado o motim mais violento da história do Rio Grande do Norte. A informação foi confirmada pelo Governo do Estado no fim da tarde deste domingo.

Os corpos, que estão sendo recolhidos em um caminhão frigorífico alugado, serão levados por equipes do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) do Rio do Grande do Norte para que seja feita a identificação.

Pelo menos seis homens, pertencentes à facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC), foram identificados como os responsáveis pela rebelião que destruiu parcialmente a Penitenciária Estadual de Alcaçuz e o Pavilhão Rogério Coutinho Madruga, na região metropolitana de Natal. A rebelião foi controlada no início da manhã deste domingo por policiais militares e agentes penitenciários

Vilania criminosa não tem mais limites no RS

Um homem decapitado foi encontrado em Gravataí e outro, esquartejado, resultou recolhido em Sapucaia do Sul.

A vilania já não tem limites nos crimes cometidos diariamente no RS.

Acostamento da freeway é liberado para evitar congestionamento na volta para Porto Alegre

A freeway ligando Osório a Porto Alegre  liberou o acostamanto, mas apenas entre os km 5, em Osório, e o km 26, em Santo Antônio da Patrulha, como faixa adicional. O trecho só pode ser usado pelos veículos leves e não permite velocidade superior a 70 km/h. A medida entrou em vigor para evitar lentidão no deslocamento entre o litoral e Porto Alegre. Com o uso do acostamento liberado, o acesso à BR 290 pela RST 101 fica bloqueado.

O tráfego é considerado intenso na freeway, com 81 veículos passando por minuto na região de Osório e 60 por minuto em Gravataí. A expectativa é de que 60 mil veículos usem o trecho só neste domingo para voltar à Capital e região Metropolitana. Até as 17h, quase 20 mil veículos haviam utilizado a rodovia para acessar Porto Alegre.

Gerdau redigiu a lei que beneficiou o grupo do RS, diz MPF

Amigão de Lula, de quem foi membro do Conselho da Petrobrás e do Conselhão, como também de Dilma, de quem recebeu até gabinete no Palácio do Planalto, Jorge Gerdau teria redigido ele mesmo a MP que beneficiou seu grupo, segundo o MPF. Na última fotoda série ao lado, ele confraterniza com o líder do MBL, depois que cuspiu fora Lula e o PT.


Fábio Serapião e Fábio Frabrini, repórteres do Estadão, revelam na edição deste domingo do jornal que o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, discutiu a MP que beneficiou a Gerdau. O titular do Planejamento participou de negociação quando era secretário da Fazenda. O procurador Herbert Mesquisa disse que Gerdau redigiu a MP e  investiga favorecimento em troca de doações eleitorais.

A Gerdau tirou nota para admitir que discutiu a MP, mas que ficou por aí.

Leia toda a reportagem:

Relatório do Ministério Público Federal (MPF) na Operação Zelotes diz que o ministro interino do Planejamento, Dyogo Oliveira, participou de tratativas que resultaram em favorecimento à Gerdau na tramitação de uma medida provisória no Congresso.

O documento, obtido pelo Estado, sustenta que o ministro conversou com o empresário Jorge Gerdau, dono da siderúrgica, sobre regras tributárias de interesse da empresa. Para os investigadores, há indícios de que, graças a negociações com Dyogo e congressistas, o próprio Gerdau redigiu emendas que tramitaram na Câmara e no Senado.

As afirmações do MPF constam de inquérito em curso no Supremo Tribunal Federal para apurar se houve crime de corrupção ativa, por parte da empresa, e passiva, por parte de agentes públicos na aprovação da MP 627.

CLIQUE AQUI para saber mais. 

Depoimento, Francisco Milman, advogado (Jerusalém, domingo) - Ele era tratado como um dos nossos, mas praticou um atentado terrorista contra nós

- Francisco Milman é gaúcho, advogado, e mora em Israel.

Faz dez dias que estou em Israel. No domingo retrasado, oito de janeiro, como todos sabem, houve um atentado terrorista praticado por um árabe-israelense, ou seja, cuja família reside em Jerusalém. Era um cidadão israelense, que vivia e aqui usufruía de todas as benesses que um estado de direito democrático e desenvolvido pode oferecer. Eu estava próximo ao local do atentado, na estação central de ônibus desta cidade impressionante, a apenas algumas quadras do local turístico, para onde uma excursão dos soldados fora levada, um mirante do qual se vê toda a cidade.Percebi que muitos dos israelenses que passavam por mim, muitos soldados inclusive, estavam abatidos e cabisbaixos. 

Alguns choravam. Afinal, o ataque teve como alvo um grupo de jovens soldados, homens e mulheres, que faziam um passeio em grupo.

Quatro soldados, três mulheres e um homem, morreram na hora. O ataque se deu por meio de um caminhão que o terrorista árabe lançou sobre os jovens, covardemente.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Dica do leitor - Sons para dormir

DICA DO LEITOR
Sons para dormir

No Youtube, digite na barra de pesquisa, "frequências binaurais para dormir". O menu é extenso. Gravei com meu smartphone e ouço o som da chuva.

Há muitas outras opções.

Hamlet.

Nota do editor:

Ou CLIQUE AQUI e entre diretamente na página.

Artigo, Percival Puggina - Alô Brasília, que vergonha !

Em artigo anterior, com o título Cria Cuervos, mostrei como o Brasil foi se tornando um criatório de maus cidadãos, de patifes, mentirosos, velhacos, corruptos, traiçoeiros e dirigentes de igual perfil. Os cuervos, afirmei, são criados por quantos chamam bandido de herói e herói de bandido, combatem a polícia, riem da lei, proclamam a morte da instituição familiar, ridicularizam a virtude, aplaudem o vício, enxotam a religião, desautorizam quem educa ou usam a Educação para fazer política, e relativizam o bem e a verdade.


 Observe as movimentações para eleição da presidência da Câmara dos Deputados.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Dez presos fugiram, esta madrugada, do presídio de Ibirité, Minas Gerais

Dez detentos fugiram do presídio de Ibirité, região metropolitana de Belo Horizonte, por volta de 3h deste domingo, informou a Secretaria de Administração Prisional de Minas Gerais. 

Não há registro de rebelião, motim ou feridos.

Novo motim produz dois assassinatos e 23 fugas, desta vez no Paraná

Os políticos que estão presos em Curitiba e São José dos Pinhais receberam forte proteção policial neste domingo. 

A Secretaria de Estado de Segurança Pública e Administração Penitenciária e o Departamento Penitenciário do Estado do Paraná (Depen) confirmaram que dois presos foram mortos e 23 detentos fugiram na manhã deste domingo do Complexo Penal de Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba.

Inicialmente ocorreu um tumulto na Penitenciária Estadual de Piraquara I (PEP I), quando um grupo explodiu o muro do local para permitir a fuga de presos. Equipes da Polícia Militar realizam buscas para localizar os fugitivos.

Paralelamente, houve um princípio de rebelião na Casa de Custódia para atrair a atenção das equipes policiais e dos agentes penitenciários.

Informações preliminares indicam que houve troca de tiros no local e que as mortes estariam relacionadas com a explosão do muro, com reação da polícia.

Dilma só ganhou o apoio da Camargo Corrêa depois de prometer comprar ações por R$ 3 bilhões

Eles sempre souberam de tudo.


Sempre posando como Catão, a "incorruptível" ex-presidente Dilma Roussef é desmascarada com todas as letras pela revista Veja deste final de semana.

É uma história escabrosa.

Não é incomum, conforme se percebe pelas revelações recorrentes da Lava Jato.

O que acontece é que no final de 2010, a Camargo Corrêa resolveu enfiar R$ 8,3 milhões na campanha de Dilma, mas só fez isto depois que dois genros (Fernando Botelho e Luiz Nascimento) do falecido dono da empreiteira, Sebastião Camargo, tiveram a garantia de que o Fundo Petros, da Petrobrás, compraria por R$ 3 bilhões a participação da empresa na holding que controlava o Banco Itaú. A venda foi fechada.

Está tudo nos autos da Lava Jato, na parte que cabe à Camargo Corrêa.

A revista publica até e-mail de Fernando Botelho sobre "a novela das ações da Itaú", que é o título que ele concede ao nominar o assunto da mensagem.

O intermediário do negócio foi o "médico", ou seja, Antonio Palocci.

Janot ataca Eugênio Aragão: "Esse teu Lula é um bandido, igual a todos os outros".

Janot, à direita: "Você vai à merda !".


O procurador Geral da República, Rodrigo Janot, e Eugênio Aragão, ex-ministro da Justiça de Dilma e também procurador da República,  discutiram asperamente depois do afastamento de Dilma Rousseff, conforme conta o próprio lulopetista furioso ao Estadão de hoje.

O editor copidescou o trecho a seguir:

Aragão: Olha, Rodrigo, nós somos diferentes. Para mim, você foi uma decepção...
Janot: O que você está querendo dizer? Vai me chamar de traíra?
Aragão: Não, traíra não. Não chega a tanto. Desleal, mas traíra não. (No caso Operação da Lava Jato) você foi extremamente seletivo...
Janot: Você vem aqui no meu gabinete para me dizer que eu estou sendo seletivo?
Aragão: É isso mesmo.
Janot: Você vai para a p... que o pariu... Você acha que esse Lula é um santo? Ele é bandido, igual a todos os outros...
Aragão: Você foi muito mesquinho em relação ao Lula, só porque ele disse que você foi ingrato... Não tinha nem de levar isso em consideração.
Janot: Isso é o que você acha. Eu sou diferente. O Lula é bandido, como todos os outros. E você vai à m...
Aragão: E os vazamentos das delações? Eu tive informações, quando ministro da Justiça, pelo Setor de Inteligência da Polícia Federal, que saíram aqui da PGR...
Janot: Daqui não vazou nada. E eu não te devo satisfação, você não é corregedor.
Aragão: É, você não me deve satisfação, mas posso pensar de você o que eu quiser.
Janot: Você vá à m..., você não é meu corregedor.

PT, PMDB, PSB e DEM estarão no centro da mega-delação da Camargo Corrêa

Se a revista Veja estiver correta, a nova mega-delação, a da Camargo Corrêa, apanhará 200 políticos, sobretudo do PT, PSB, PMDB e DEM.

O número de delatores é de 40.

Veja apresenta uma lista que inclui Lula, Dilma,Temer, Palocci, Renan, Mendonça Filho, Zé Dirceu e Kassab.

O nome do presidente apareceria 21 vezes na mega-delação.

A revista também conta que a Operação Castelo da Areia, anulada pelo STJ, que atingiu a empreiteira, poderá ser reaberta. O MPF quer investigar o próprio STJ pela decisão, porque acha que correu propina no caso.

O navio-petroleiro inaugurado por Lula em Suape afundaria se fosse lançado ao mar

Não existem revelações surpreendentes e novas na reportagem de capa da revista Veja desta semana ("Vem aí outra megadelação"), mas alguns episódios da recente história política contemporânea e também a sistematização de informações já existentes, tornam indispensável ler as seis páginas da matéria assinada por Daniel Pereira.

O repórter abre tudo com uma lembrança já esquecida:

- Em maio de 2010, o então presidente Lula foi ao porto de Suape, Pernambuco, para inaugurar o primeiro navio-petroleiro construído no Brasil, depois de 14 anos. levou Dilma até lá. Ela estava em campanha. As imagens foram usadas por João Santana. A propaganda dizia que o governo do PT ressuscitara a indústria naval do País.

Era tudo mentira.

O navio inaugurado por Lula não estava pronto e se fosse lançado ao mar, afundaria.

Além da mentira, um crime estava sendo cometido:

- A Camargo Corrêa pagou propinas milionárias para ganhar este contrato. 

Delegado da Lava Jato falou em "timing" de prisão preventiva e não da condenação de Lula

Neste final de semana os principais agentes da mídia suja lulopetista e neolulopetista comemorou a pretensa declaração do coordenador da Lava Jato na PF, Maurício Grillo, que teria declarado o seguinte na entrevista das amarelinhas da revista Veja:

- Perdemos o timing da prisão do Lula.

A idéia da escumalha lulopetista é passar a ideia de que Lula não será mais preso porque passou a hora.

O delegado de 38 anos, há doze como delegado federal, não disse isto.

Ele falou no caso de prisão preventiva.

Isto não tem nada a ver com a prisão inevitável que ocorrerá em função dos julgamentos das cinco ações por corrupção das quais Lula já é réu.

Em todas elas, Lula será condenado este ano e irá para a cadeia - ou fugirá.

 O que o delegado:

- Quando Lula foi nomeado ministro, numa manobra para blindá-lo e obstruir a Justiça, tínhamos elementos que justificavam o pedido de prisão preventiva. Acontece que o caso foi abortado quando saiu das mãos do juiz Sérgio Moro e foi para o STF, onde hibernou durante três meses. Ou seja, hoje um pedido de prisão preventiva do ex-presidente Lula jão não são tão evidentes como antes, Perdemos o timing.

Editorial, Zero Hora - O dever da transparência

Assim como vem ocorrendo na Lava-Jato, a operação da Polícia Federal que cumpriu mandados de busca e apreensão em imóveis do ex-ministro Geddel Vieira Lima, na última sexta-feira, foi sustentada por justificativas claras e consistentes do Ministério Público sobre o envolvimento dos suspeitos investigados num esquema criminoso. Desta forma, o Brasil inteiro acompanha e entende as ações policiais que combatem a corrupção e a impunidade.


O principal argumento dos contestadores da Operação Lava-Jato são os chamados vazamentos seletivos — a divulgação pela imprensa de informações do processo que comprometem réus e investigados com a corrupção.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Estas são as terapias on line contra a insônia

O caderno Vida do jornal Zero Hora deste domingo dedica meia página a uma reportagem sobre a terapia on line contra o sonho.

A matéria é assinada por Benedict Carey, do The New York Time. Ele analisa uma pesquisa americana que mostra que a tecnologia pode ajudar a dormir melhor.

Os gaúchos - os brasileiros - costumam apelar para compostos de melatonina, que não são vendidos no Brasil, Rivotril e até Lyrica (e seus assemelhados), mas também para técnicas caseiras de todo gênero.

Com o editor, nada dá certo.

A reportagem de Zero Hora baseia-se num estudo de pesquisadores da Universidade da Virgínia.

A única falha da matéria é que ela não diz quais são os aplicativos existentes e nem fornece endereços, mas se você CLICAR AQUI, poderá entender melhor o que é apresentado, como também poderá examinar cada um dos aplicativos apresentados.

Editorial, Estadão - Apesar do mau humor

Há sempre, certamente, mais de um caminho para seguir em frente com êxito. Mas o caminho do retrocesso, felizmente, foi interditado pela voz das urnas       

O fato de o País permanecer mergulhado numa grave crise econômica e a circunstância associada de a chamada classe política viver uma crise de confiança, por ter cedido ao pecado mortal do patrimonialismo que vem sendo exposto pela Operação Lava Jato, explicam o mau humor dos brasileiros em geral com o governo Temer. Esse estado de espírito não tem permitido uma avaliação serena e objetiva, a salvo do maniqueísmo do “nós contra eles”, dos muitos resultados até agora alcançados na criação das precondições indispensáveis aos objetivos de impor racionalidade na gestão da coisa pública e estimular a recuperação da economia para que toda a sociedade possa compartilhar dos benefícios da produção de riquezas.

Governos não operam milagres, embora muitos aspirantes ao poder os prometam.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Gaspari quer Carmem Lúcia-2017

O jornalista Elio Gaspari lançou o nome da presidente do STF, Carmem Lúcia, para presidente da República.

Em 2017.

Neste ano.

O jornalista acha que Temer cai e que a Constituição será mudada para eleger Carmem Lúcia.

Outros jornalistas menos voados já tinham lançado Joaquim Barbosa e Sérgio Moro.

Os nomes são todos nuvens passageiras.