terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Cesta básica de Porto Alegre é a mais cara do Brasil

Pelo terceiro mês consecutivo, a cesta básica de Porto Alegre é a mais cara do País passando de R$ 478,07 em outubro de 2016 para os atuais R$ 469,04 em novembro.

Na avaliação mensal, dos 13 produtos que compõem o conjunto de gêneros alimentícios, cinco caíram de preço: o tomate (-17,46%), o leite (-10,81%), a farinha de trigo (-1,75%), a carne (-0,31%) e a batata (-0,27%). Em sentido inverso, os “vilões” da cesta de alimento foram o açúcar (3,64%), a banana (3,15%), o feijão (2,66%), o óleo de soja (2,04%), o pão (0,72%), a manteiga (0,24%) e o café (0,20%).

A cesta mais cara foi a de Porto Alegre (R$ 469,04), seguida de Florianópolis (R$ 466,25) e São Paulo (R$ 450,39). Os menores valores médios foram observados em Recife (R$ 353,08) e Natal (R$ 354,59).

Dólar cai 0,37%, no segundo dia seguido de queda

O dólar comercial fechou esta terça-feira queda de 0,37%, a R$ 3,417 na venda. É a segunda queda seguida. 

Com isso, a moeda norte-americana acumula baixa de 1,61% na semana. No mês, tem valorização de 0,86% e, no ano, perdas de 13,46%.

Na véspera, a moeda norte-americana havia caído 1,24%.

Dilma Bolada quer dar uma de louca e despachar no lugar de Temer

Os aliados de Dilma Roussef dentro e fora do teatro de comédia que ela, Lula e o PT armaram, resolveram brincar com a crise institucional que opõe Judiciário e Legislativo, tentando enfiar também o presidente Michel Temer no pastelão.

Este tipo de brincadeira ainda ocorre porque Dilma e Lula ainda tangenciam a cadeia, entregando-se ao prazer de viajar para Cuba e chorar a morte do ditador Fidel Castro, no mesmo momento em que os brasileiros choravam a morte dos jogadores da Chapecoense.

Dilma Bolada, como se vê, está de volta, irresponsável como sempre.

A líder petista propõe-se fazer o que nunca conseguiu fazer em vida, que é trabalhar normalmente.

Carmem Lúcia repele conselho para prender Renan. Decisão final sobre o senador sairá amanhã no STF.

Carmem Lúcia teria que prender toda a Mesa Diretora do Senado (leia fac simile ao lado), caso realmente seguisse o conselho de prender Renan em flagrante desacato, porque toda a Mesa desacata a Corte. Os enfrentamentos entre STF e Congresso viraram crise institucional e, portanto, política, e de graves consequências. 


Na reunião que teve esta tarde com ministros do STF, a ministra Carmem Lúcia foi aconselhada a determinar a prisão em flagrante do senador Renan Calheiros, tudo porque o presidente do Congresso recusou-se a receber o oficial de justiça que quis citá-lo da decisão tomada ontem pelo ministro Marco Aurélio Melo.

Ela não aceitou o conselho.

Amanhã de manhã, sairá a sessão do pleno que decidirá se mantém ou repele a liminar que depôs Renan. O ministro Gilmar Mendes, maior defensor de Renan no STF, viajou para Copenhague.

Artigo, Tito Guarniere - O pacote das 10 Medidas

Não, não acho que a Câmara dos Deputados tenha “desnaturado” o projeto de lei das “10 Medidas contra a Corrupção”. Os deputados agiram dentro das suas prerrogativas: são eles que fazem as leis. Não existe lei perfeita, nem lei que satisfaça a todos os interessados e envolvidos.

Sem o pacote anticorrupção, objeto da celeuma, os senhores membros do Ministério Público Federal, e juízes como o doutor Sérgio Moro, puderam, perfeitamente, para ficar num único exemplo, levar a cabo de forma corajosa e brilhante a Operação Lava Jato, abrir processos contra meio mundo e botar a outra metade na cadeia.

Não passa semana sem que, em novas etapas da Lava Jato, batizadas com nomes meio extravagantes, policiais federais retirem de casa, logo nas primeiras horas da manhã, figurões da República, empresários de escol, políticos de todas as correntes, para recolhê-los “aos costumes”, como dizia um antigo personagem de Jô Soares. 

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Carmen Lúcia convoca reunião de emergência para o caso Renan.

A ministra Carmen Lúcia acaba de convocar uma reunião de emergência para o pleno do STF. Ela quer colocar na pauta a desobediência á ordem de remoção do Presidente do Senado.

A corte poderá pedir ajuda da Policia Federal.

BNDES diz que vai virar página das ‘operações ocultas’

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), atendeu a um pedido da Ordem dos Advogados do Brasil e outras entidades, com base na Lei de Acesso à Informação, e vai passar a divulgar em seu site todas as informações sobre financiamentos externos, operações internas e parcerias com instituições estrangeiras. 

A informação foi divulgada nesta tarde pela assessoria da OAB.

Vendas de consórcio caem 6,7% em 10 meses

As vendas de novas cotas de consórcios de todas as modalidades acumulam uma queda de 6,7% em todo o país de janeiro a outubro deste ano, se comparadas com o mesmo período do ano passado.

O total de cotas comercializadas atingiu 1,82 milhão ante 1,95 milhão em 2015. Em valores, os créditos negociados somaram R$ 65,15 bilhões, 10,2% abaixo do registrado no mesmo período de 2015 (R$ 72,57 bilhões).

Os dados foram divulgados nesta terça-feira pela Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac).

Petrobras reajusta preço do GLP industrial em 12,3%

A Petrobras informou que aumentou os preços de comercialização do GLP destinado aos usos industrial, comercial e granel às distribuidoras, no porcentual médio de 12,3%. O reajuste irá vigorar a partir da quarta-feira.

A empresa esclareceu, também, que os preços de GLP destinado ao uso residencial, comercializado em botijões de até 13kg (conhecido como P13 ou gás de cozinha), não foram objeto de reajuste.

Na segunda-feira, a estatal anunciou o aumento do preço do diesel nas refinarias em 9,5%, em média, e da gasolina em 8,1%, com vigência a partir desta terça-feira.

Esposa de Sérgio Cabral é presa e ele vira réu por formação de quadrilha

A Procuradoria da República denunciou o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB) por formação de quadrilha, corrupção e lavagem de dinheiro. O juiz federal Marcelo Bretas é da 7ª Vara Federal do Rio. O magistrado mandou prender nesta terça-feira, a advogada Adriana Ancelmo, mulher de Sérgio Cabral.

Sérgio Cabral foi preso em 17 de novembro na Operação Calicute, desdobramento da Lava-Jato que desvendou esquema milionário de propinas atribuído ao peemedebista. Ele é acusado de chefiar um grupo que girou R$ 224 milhões em corrupção.

Em relação à Adriana Ancelmo, o magistrado atendeu a pedido do Ministério Público Federal, na denúncia oferecida pelos procuradores contra os réus na Operação Calicute. A Polícia Federal está neste momento na rua cumprindo o mandado contra Adriana. Cabral e outros nove acusados já estão presos em Bangu 8.

Tecon aposta em economia melhor e no terminal do Polo para melhorar desempenho em 2017

Em linha com a recessão econômica de 2015 e 2016, o Terminal de Contêineres de Rio Grande projeta movimentar menos toneladas este ano.

Este ano serão 730 mil TEUs (unidade equvalente a um contêiner de 20 pés) contra 743 mil do ano passado.

O Tecon espera melhor desempenho para este ano, não apenas em função da lenta recuperação da economia. É que a empresa começou a operar também o terminal Santa Clara, no Polo Petroquímico de Triunfo.

Senado bate de frente com STF e mantém Renan na presidência

O senador Renan Calheiros (PMDB-AL) não aceitou a decisão liminar do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou o seu afastamento da presidência do Senado. Senadores da Mesa Diretora assinaram um documento para não cumprir afastamento de Renan.

De acordo com o documento, a Mesa Diretora do Senado irá aguardar decisão do plenário do STF. O oficial de Justiça que iria notificar Renan deixou o Senado depois de quase seis horas de espera e confirmou que Renan não assinou notificação.

Ao não reconhecer o documento, Renan tenta ganhar tempo para aguardar a decisão definitiva do plenário do STF. Para isso, ele busca apoio de parlamentares que fazem parte da Mesa Diretora da Casa. A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) admitiu que alguns senadores concordam que Renan não deve assinar a notificação.


A ideia seria que o presidente do Senado só pode ser afastado quando houver consenso entre os ministros do STF, e não em medida provisória decidida por decisão monocrática, como ocorreu.

Sessão do Senado é cancelada e prazo para votação da PEC do teto pode atrasar

A sessão plenária do Senado, que estava marcada para esta terça-feira, foi cancelada devido à determinação de afastamento do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), por liminar do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF). O cancelamento da sessão deixa de contar prazo para a PEC do Teto, o que pode acabar atrasando a votação marcada para a próxima terça-feira.

A determinação foi feita pelo senador Jorge Viana (PT-AC), vice-presidente do Senado. Agora, para não atrasar a votação da PEC, os senadores terão de abrir outra sessão extraordinária em algum dia livre, como na sexta-feira, por exemplo.

Para a sessão desta terça-feira estava prevista a votação do projeto que atualiza a lei de abuso de autoridade. Com o cancelamento, o projeto não poderá ser apreciado.

Tecon de Rio Grande receberá em janeiro seus três guindastes chineses de US$ 40 milhões

Chegarão no mês que vem ao porto de Rio Grande os três enormes guindastes que o Terminal de Contêineres, Tecom, encomendou ao preço de US$ 40 milhões. Eles foram construídos na China.

O Tecon de Rio Grande é controlado pela Wilsobn Sons.

Reforma da Previdência trará economia em torno de R$ 678 bi

A reforma da previdência proposta pelo governo trará uma economia de cerca de R$ 678 bilhões em 10 anos para o INSS e os benefícios de assistência social. Em relação ao Regime Próprio de Previdência, que paga as aposentadorias dos servidores públicos, a economia será de cerca de R$ 60 bilhões em 10 anos.


Se a reforma for aprovada em 2017, a economia em 2018 será de R$ 4,6 bilhões. Em 2019, o valor passa a ser de R$ 14,6 bilhões, em 2020, de R$ 26,7 bilhões e, em 2021, R$ 39,7 bilhões. 

Para o regime próprio, a economia é entre R$ 5 bilhões a R$ 7 bilhões por ano. Os números são em valores correntes e serão reajustados pela inflação.

Oi realiza workshop em Porto Alegre com foco no mercado B2B

A Oi, em parceria com a Dimension Data e com a Cisco, realiza nesta quinta-feira (08), no Hotel Deville Prime, em Porto Alegre, o workshop “Evolução da Conectividade em Nuvem” com foco nos clientes corporativos.

A proposta do evento será de compartilhar a experiência da companhia com soluções de TI e Telecom direcionadas ao setor de grandes empresas.

Procuradores da Lava Jato levam Prêmio Innovare

A força-tarefa formada por procuradores da Operação Lava Jato, no Paraná, ganhou o Prêmio Innovare na categoria Ministério Público na edição deste ano. A premiação reconhece práticas eficientes que contribuem para a solução de problemas da Justiça no país.

Na categoria Ministério Público, se inscreveram 52 práticas em todo o país. A força-tarefa da Lava Jato chegou à final apontando novas técnicas de investigação, como análise informatizada de grande volume dados, uso da colaboração premiada e cooperação internacional.

Receberam o prêmio os procuradores da República Deltan Dallagnol, Roberson Pozzobon, Orlando Martello Júnior, Paulo Roberto Galvão de Carvalho, Diogo Castor de Mattos, Laura Gonçalvez Tessler, Carlos Fernando dos Santos Lima, Julio Carlos Motta Noronha, Antonio Carlos Welter, Athayde Ribeiro Costa, Januario Paludo, Andrey Borges Mendonça, Isabel Cristina Groba Vieira e Jerusa Burmann Viecili.

Para o procurador Deltan Dallagnol, o prêmio recebido pela força-tarefa é um estímulo para que a Lava Jato continue fazendo as investigações.

Neste ano, o prêmio recebeu 482 práticas de todos os estados do país em seis categorias.

Artigo, Dênis Rosenfield, Zero Hora - Pauta moral

Mais de meio milhão de brasileiros foram às ruas clamando pela ética na política, pela moralidade na administração da coisa pública. Os cidadãos não mais aguentam a corrupção e a apropriação privada e partidária dos recursos públicos, que pertencem à sociedade sob a forma de impostos, transferidos compulsoriamente para o Estado.

Cabe a este administrar os bens da sociedade, sem o que o próprio fato de cidadãos pagarem impostos, contribuições e taxas não teria nenhuma significação. As ruas hoje fiscalizam a utilização destes recursos. Trata-se de um dado incontornável, ao qual os políticos em geral não têm prestado a devida atenção.

O Brasil mudou.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Governo Sartori garantirá inflação no reajuste do piso regional

O governo estadual gaúcho não proporá reajuste do piso mínimo regional inferior ao índice de inflação, como quer a Fecomércio.

Não faz sentido.

Jornalismo investigativo da RBS reforça o papel da mídia impressa

Foram primorosas as duas primeiras reportagens da novíssima equipe de jornalistas do Grupo de Invedstigação da RBS, o GDI.

E consistentes.

A reportagem de hoje retoma o caminho aberto ontem sobre alimentos contaminados vendidos na Ceasa, Porto Alegre.

Hoje o mesmo caso é abordado sob o ângulo da saúde dos cidadãos.

O jornal Zero Hora dedicou sete páginas ao tema.

Amanhã será dia de falar sobre contrabando no RS.

Ações como a do GDI, RBS, só conseguem êxito permanente quando ocorrem na mídia impressa.



Governo Temer faz mídia paga para explicar reforma da previdência

O governo Temer forrou os jornais diários de hoje com anúncios de páginas inteiras. São explicações sobre a reforma da previdência.

Renan concederá coletiva dentro de instantes

O presidente do Senado, Renan Calheiros, concederá coletiva de imprensa daqui a pouco. Se Renan convocou a entrevista é porque já se deu por citado no caso do seu impedimento, já que não correria o risco de ser abordado por oficial de justiça diante de toda a imprensa.

Neste momento são 12h35min.

Em Brasília, corre solta a informação de que Renan anunciará o acatamento à decisão do STF.

A senadora Kátia Abreu, PMDB, amiga de petistas, disse que Renan não assinará a citação da Corte.

O STF avisou que o caso do senador será o primeiro ítem da pauta do pleno, amanhã.

Trabalhador terá que contribuir 49 anos para receber 100% da aposentadoria

O governo Temer propõe estabelecer uma idade mínima de 65 anos para a aposentadoria. As novas regras valerão integralmente para os mais jovens e haverá medidas de transição para homens com mais de 50 anos. No entanto, tal limite etário deve subir pelo menos duas vezes até 2060, chegando a 67 anos.

De acordo com o secretário de Previdência do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano – que detalhou a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) sobre a reforma da Previdência Social, na manhã desta terça-feira –, a ideia é que a aposentadoria acompanhe o aumento da expectativa de vida dos brasileiros. "Em 2060, a gente vai ter mais de 4 idosos para cada pessoa em idade ativa", afirmou o secretário.

Marcelo Caetano, anunciou também que a reforma da Previdência enviada ao Congresso Nacional acaba com o fator previdenciário e com a fórmula 85/95 como regra de cálculo da idade para se aposentar, equivalente à soma de idade e tempo de contribuição.

A proposta foi protocolada na noite da última segunda-feira. Uma das principais mudanças propostas é estabelecer um mínimo de 65 anos de idade e 25 anos de contribuição para se aposentar. A regra passaria a ser a mesma para homens e mulheres. Também atingiria não só trabalhadores de empresas privadas, mas também servidores públicos e políticos.

Atualmente, as mulheres podem pedir a aposentadoria com 30 anos de contribuição e os homens, após 35 anos de trabalho. Para receber o benefício integral, é preciso atingir a fórmula 85 (mulheres) e 95 (homens), que é a soma da idade e do tempo de contribuição.

Dólar avança, vendido perto de R$ 3,44; Bovespa opera quase estável

O dólar comercial subia e a Bovespa operava quase estável nesta terça-feira. Por volta das 11h05, a moeda norte-americana subia 0,17%, a R$ 3,435 na venda.

Já o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, tinha leve alta de 0,07%, a 59.874,02 pontos.