Ministério Público investiga ordem do governo comunista Flávio Dino para espionar adversários do Maranhão


O comunista transformou a PM do Maranhão numa KGB.

A ordem foi do governo comunista de Flávio Dino.

O Ministério Público Eleitoral no Maranhão instaurou um procedimento preparatório para investigar determinação do Comando de Policiamento do Interior do Estado pela espionagem de opositores municipais e estaduais durante o pleito de 2018. Segundo a Procuradoria, "a ordem está valendo desde 6 de abril, devido a um memorando assinado pela PM do Estado".

De acordo com o procurador Regional Eleitoral, Pedro Henrique Castelo Branco, "o memorando não esclarece ou motiva de forma idônea as razões da necessidade do 'levantamento eleitoral' solicitado".

"Também não observa direitos fundamentais presentes na Constituição, que garantem a liberdade de manifestação e de expressão, bem como o livre exercício da convicção política", afirmou.

A espionagem de opositores do governo provocou pesada reação política no Maranhão.

Justiça bloqueia novamente os bens do senador Lindbergh Farias, PT

A 4ª Vara Cível da Justiça do Rio manteve a indisponibilidade dos bens de Lindbergh Farias e da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, determinada em 2016, informa Lauro Jardim, O Globo.

O processo refere-se a um contrato firmado em 2005, quando Lindinho era prefeito de Nova Iguaçu, para realizar a Bienal do Livro na cidade, com dispensa de licitação. Há indícios de que o caso tenha provocado prejuízo de mais de R$ 1 milhão.

É a terceira vez que a Justiça manda bloquear os bens do senador petista nesse caso.

Petroleiros gaúchos protestam contra privatização da Refap

O Sindicato dos Petroleiros do RS anunciou hoje que é contra a privatização da Refap.

É uma manifestação.

O Sindicato dos Petroleiros do RS nunca se manifestaram contra a organização criminosa chefiada por Lula e que roubou a Petrobrás.

Artigo, Eliane Cantanhêde - Dispersão leva à derrota

Depois de Lula, o centro também tenta reaglutinar suas forças políticas.

A charge é do blog do Lando.

Depois da pulverização desenfreada das candidaturas à Presidência, é hora de começar o movimento inverso, de reaglutinação das forças políticas. O ex-presidente Lula saiu na frente para trazer de volta a tropa unida, mas os articuladores dos demais, particularmente de Geraldo Alckmin e de Joaquim Barbosa, também se mexem. A união faz a força, a dispersão leva à derrota.

No seu comício de despedida antes de voar para Curitiba, naquele que teria sido o ato ecumênico para Marisa Letícia e não foi, Lula encheu Guilherme Boulos (PSOL) de elogios, acariciou o ego de Manuela d’Ávila (PCdoB) e convocou a militância para um projeto comum.

A questão é que Lula se esforça para reunir as esquerdas com a mesma intensidade com que as esquerdas se esforçam para se isolar de todo o resto.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Artigo, Murilo Aith, Jornal do Comércio - Donas de casa podem se aposentar

Historicamente, no Brasil, as donas de casa desconhecem uma série de direitos por estarem focadas nos cuidados com a família. E um dos principais direitos é a aposentadoria. 

Segundo especialistas, o benefício é desconhecido por muitas mulheres que deixam de lado a sua vida profissional para cuidar, principalmente, dos filhos. Na maioria dos casos, as esposas só descobrem que têm esse direito quando o marido dá entrada no seu processo de aposentadoria. As donas de casa desconhecem que, mesmo em casa, têm o direito de se aposentar. A grande maioria das mulheres começa a trabalhar cedo. Contudo, logo nos primeiros anos, largam o emprego para poder casar e, consequentemente, cuidar da casa, dos filhos e da família. Em muitos casos, as donas de casa que já contribuíram para a Previdência Social têm o direito de se aposentar. Basta realizar um planejamento simples, que representa um baixo valor para pagar ao INSS, e por pouco tempo.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

MPF torna ex-governador do Rio réu pela 23ª vez

Cabral.


O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (MDB) virou réu pela 23ª vez na Operação Lava Jato. A Justiça Federal aceitou nesta sexta-feira as duas denúncias oferecidas pelo Ministério Público Federal referentes à "Operação Pão Nosso", deflagrada no mês passado.

Segundo o MPF, a operação revelou "ramificação" da organização supostamente chefiada pelo ex-governador em contratos da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária.

Estima-se que o dano causado à pasta seja de R$ 23,4 milhões.

Cabral, que está preso desde novembro de 2016, já foi condenado em cinco ações. A pena, acumulada, ultrapassa os 100 anos.

Marina volta a sinalizar que não vai compor chapa com Joaquim Barbosa

A pré-candidata da Rede à Presidência, Marina Silva, disse nesta sexta-feira, que não conversou recentemente com o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa, que estuda entrar na disputa pelo PSB.

"Não conversamos e eu tenho respeito pelo processo interno do PSB, que ainda está tomando a sua decisão como partido se terá ou não candidatura, e o próprio ministro Joaquim, que também está fazendo o seu discernimento", disse Marina, após participar de um evento com vereadores em Brasília.

Corrupção é a principal causa de desligamento de servidores federais

Mais de 60% dos funcionários expulsos do serviço público federal no último trimestre estavam envolvidos com corrupção, relevou nesta sexta-feira a Controladoria-Geral da União. É o maior número para o período desde 2013.

Entre os atos apontados pela CGU estão o uso do cargo para proveito pessoal, recebimento de propina ou vantagens indevidas e improbidade administrativa.

Tendo a alta cúpula do governo como exemplo, a corrupção também foi o principal motivo para expulsões registradas em todo ano passado, correspondendo a 335 dos 506 casos (66%).

Entidades de SC qualificam embargo europeu como 'protecionista'

A Associação Catarinense de Avicultura (Acav) e o Sindicato das Indústrias da Carne e Derivados no Estado de Santa Catarina (Sindicarne) qualificaram como "claramente protecionista" a atitude da União Europeia de bloquear as exportações brasileiras de carne de aves - incluindo de algumas plantas catarinenses. A decisão do bloco europeu foi tomada na quinta-feira, 19, com a suspensão de pelo menos 20 agroindústrias brasileiras para exportar carne de aves para lá.

"São infundadas e inaceitáveis as alegações da Comunidade Europeia segundo as quais as motivações do embargo das indústrias brasileiras seriam de ordem sanitária, especialmente porque o Brasil cumpre rigorosamente as regras estabelecidas pelo Acordo de Medidas Sanitárias e Fitossanitárias da Organização Mundial do Comércio (OMC)", disseram ambas as entidades, em nota divulgada nesta sexta-feira, 20. "A própria autoridade sanitária europeia se contradiz ao posicionar que, se o Brasil pagar sobretaxa de 1.024 euros por tonelada e embarcar o produto como carne in natura, as importações seriam retomadas sem problemas", continua a nota.

Samarco pede mais prazo para entrega de plano de recuperação ambiental

Quase três anos após a tragédia que matou 19 pessoas, na cidade mineira de Mariana, a Samarco, responsável pelo desastre da barragem de Fundão, vai pedir mais tempo para a entrega do plano que prevê a reparação dos danos ambientais causados à Bacia do Rio Doce.

Se autorizado pelo Ministério Público Federal, será a quarta vez que o prazo, que vence hoje, será adiado.

Os prejuízos são superiores a R$ 20 bilhões.

Em breve, mais 500 policiais reforçarão o time da PF em todo o país

A Polícia Federal foi autorizada hoje pelo Ministério da Segurança Pública a abrir concurso para o preenchimento de 500 vagas. Os salários podem chegar a R$ 23 mil.

O último certame, realizado em 2012, contratou 1.200 novos policiais.

Brasileiros ficam fora da lista dos 100 mais influentes da “Time”

A revista Time publicou na noite de quinta-feira sua tradicional lista de 100 pessoas mais influentes do mundo sem a presença de brasileiros, mas colocou dentro do seleto grupo o presidente da Argentina, Mauricio Macri.

No ano passado, dois brasileiros estavam na lista: Neymar e o juiz federal Sergio Moro. A relação que a Time divulga todos os anos destaca personalidades do entretenimento, do esporte e da política, sem atribuir posições entre os selecionados.

Macri é descrito pela revista como um político híbrido: pró-empresariado, mas sensível às preocupações sociais. A Time destaca como um dos acertos do presidente argentino o crescimento da economia, de cerca de 2,9%, e retorno do país ao mercado global.

Além da ausência de brasileiros, outro destaque da lista é o número baixo de latino-americanos. Além de Macri, outros cinco foram lembrados pela Time: o diretor mexicano Guillermo del Toro, vencedor do Oscar pelo filme A Forma da Água, a prefeita de San Juan, Carmen Yulín Cruz, o chef espanhol José Andrés, a atriz transexual chinela Daniela Vegas, e a equatoriana Christina Jímenez, que lidera um movimento de proteção dos “sonhadores”, jovens imigrantes que chegaram aos Estados Unidos quando crianças.

Produção industrial deve ter avançado 1,1% em março ante fevereiro

A produção industrial, medida pela Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física (PIM-PF) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), deve ter avançado 1,1% em março ante fevereiro, conforme a projeção calculada pelo Indicador Ipea de Produção Industrial, divulgado nesta sexta-feira, 20, pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Se confirmada a projeção, a produção industrial terá acumulado alta de 0,4% no primeiro trimestre, na comparação com o período imediatamente anterior. Indicador Ipea de Produção Industrial é calculado pelo Grupo de Conjuntura do órgão de pesquisas.

Na comparação de 2018 com 2017, a produção industrial de março deve ter avançado 4,4%, nas contas dos pesquisadores do Ipea. Com isso, a indústria teria encerrado o primeiro trimestre com alta de 4,3% sobre igual período do ano passado.

Ministério Público de SP abre inquérito contra Alckmin por improbidade

O Ministério Público de São Paulo abriu inquérito contra o ex-governador do Estado Geraldo Alckmin (PSDB) por suposto ato de improbidade. Alckmin, pré-candidato à Presidência da República, teria se beneficiado de valores estimados em R$ 10,5 milhões repassados para suas campanhas de 2010 e 2014 via Caixa 2.

Assinam a peça Otávio Ferreira Garcia, Nelson Luis Sampaio de Andrade e Marcelo Camargo Milani, todos da promotoria de defesa do patrimônio público.

Os promotores usam o artigo 11 da Lei de Improbidade para embasar o procedimento. O artigo 11 estabelece que "constitui ato de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da administração pública qualquer ação ou omissão que viole os deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade e lealdade as instituições".

Governador comunista diz que é mentirosa a notícia verdadeira de que mandou espionar os adversários do Maranhão

O governador comunista do Maranhã, Flávio Dino, mandou a P2 espionar os políticos de oposição, conforme cópia de orientação da PM que circulou esta manhã no Estado.]

No post ao lado, do seu Twitter, o líder do PCdoB diz que a notícia é mentirosa.

Ele mente.

No próprio post, em seguida, Flávio Dino reconhece que um oficial da PM mandou a orientação aos membros da P2, só que sem ordem sua. 

Ele mente.

Não existe oficial que expede uma ordem do gênero sem que o governador tenha mandado, não saiba de nada ou não tenha reprimido na mesma hora.

Flávio Dino, como seu líder Lula, é um mentiroso.

CLIQUE AQUI para examinar o fac simile da ordem do oficial.

Apenas 20% do dinheiro da Odebrecht na Suíça foram devolvidos até agora

Três anos após iniciar uma das maiores investigações de corrupção no país, o Ministério Público da Suíça revelou nesta sexta-feira que ainda mantém bloqueados cerca de R$ 2,8 bilhões relativos à Operação Lava Jato.

Desde o acordo de leniência da Odebrecht, em 2016, os suíços já receberam pedidos de cooperação de diversos países onde a empresa atuou e que atendem hoje a mais de 50 solicitações de troca de informações.

O documento, elaborado pelo Escritório da Procuradoria-Geral daquele país, aponta que, até agora, foram destinados ao Brasil apenas 20% do valor congelado no âmbito da Lava Jato.

Advogado de origem árabe fala para a Al Jazeera contra Gleisi Hoffman

O comentário a seguir é de um advogado do Paraná, Gabriel Farah, de origem árabe. Ele se dirige aos mesmos telespectadores da Al Jazeera, Qatar, para uma resposta ao vídeo postado na emissora pela senadora Gleisi Hoffman.

"Não somos idiotas, senadora",diz ele, que é conterrâneo de Gleisi.

Vale a pena conferir.

Dnit pede ajuda ao Exército para concluir duplicação de trecho gaúcho da BR-116

Na segunda-feira, o Dnit apresentará ao Comando Militar do Sul proposta para que o Exército conclua um trecho de 50 quilômetros da duplicação da BR-116, entre Guaíba e Barra do Ribeiro.

As obras, iniciadas em 2013, estão paralisadas desde 2016, quando a construtora Constran, alegando dificuldades financeiras, abriu mão do contrato.

Se o Exército aceitar a proposta, a retomada dos trabalhos poderá ocorrer até junho, devendo demorar mais um ano e meio para serem concluídas.

Gasolina e diesel sobem nas refinarias a partir deste sábado

A Petrobras elevará os preços da gasolina nas refinarias em 1,12% a partir deste sábado, anunciou hoje a companhia.

Também o diesel sofrerá reajuste de mesmo percentual.

Juíza vê interesses políticos em ação do PSOL contra nomeação de Moreira Franco

A Justiça Federal de Brasília negou uma petição do PSOL contra a nomeação de Moreira Franco (MDB-RJ) como ministro de Minas e Energia, segundo decisão desta sexta-feira.

A juíza federal Maria Cecília de Marco Rocha viu “natureza política” na ação popular, uma vez que o PSOL faz parte da oposição ao governo.

Para FHC, prisão de Lula não é bom para o país

Em entrevista ao Valor, que a traz na edição desta sexta-feira, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso assegurou “não achar bom” seu sucessor estar preso.

Disse ele:

- Eu nunca imaginei que um ex-presidente com o significado do Lula fosse terminar sendo preso. Não acho bom - não estou criticando os juízes, porque eles têm os autos -, estou falando do significado histórico. Temos, no Peru, vários presidentes presos e um foragido. Alguns conheço, aliás, acho que todos. E isso é bom para o país? Não, não é.

FHC se engana.

Clinton, amigo de FHC, não foi preso nos EUA, é verdade, mas respondeu a um impeachment, e nem por isto foi o pior dos mundos para o País. É apenas um exemplo.

Cai criação de novos postos de trabalho em março, aponta Caged

O país registrou, em março, a abertura de 56.151 empregos com carteira assinada, segundo dados do Caged divulgados esta manhã pelo Ministério do Trabalho.

O saldo é resultado de 1.340.153 admissões e de 1.284.002 desligamentos.

Embora positivo, o número indica desaquecimento na criação de postos de trabalho em relação ao começo do ano. Em janeiro e fevereiro, foram criadas 77.822 e 61.188 vagas, respectivamente.

Com 0,20%, Porto Alegre tem quinta maior variação do IPCA-15 em abril

A variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) de Porto Alegre aproxima-se da média nacional e fecha abril em 0,20%. O índice é o quinto maior, ficando atrás apenas de Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Belo Horizonte, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O IPCA-15 de Porto Alegre é influenciado, principalmente, pelo setor de transportes. Entre março e abril, período analisado pelo IBGE, as tarifas de ônibus da capital gaúcha sofreram reajustes - passando de R$ 4,05 para R$ 4,30%.

A nível nacional, a prévia da inflação teve variação de 0,21%. De acordo com o IBGE, o índice é o menor para o mês em 12 anos - quando fechou em 0,17%.

Fachin arquiva investigação contra Jerônimo Goergen (PP)

Por falta de provas, o ministro do STF, Edson Fachin, decidiu arquivar investigação contra seis deputados do PP, um deles o gaúcho Jerônimo Goergen, e um congressista que deixou a sigla e está no PSDB por suposto envolvimento no repasse de R$ 2,7 milhões da empreiteira Queiroz Galvão via diretório do PP. 

A investigação surgiu da Operação Lava Jato. A decisão foi tomada em resposta a um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), que não encontrou provas sobre a participação dos parlamentares do PP no repasse. Foram beneficiados os deputados Simão Sessim (RJ), Roberto Balestra (GO), Eduardo da Fonte (PE), Aguinaldo Ribeiro (PB), Mario Negromonte Júnior (BA) e o congressista Waldir Maranhão (MA), que deixou o PP e está agora no PSDB. 

Álvaro Dias diz que aliança com PSDB está "totalmente descartada"

Pré-candidato à Presidência da República do Podemos, o senador Álvaro Dias (PR) disse nessa quinta-feira, que uma eventual aliança com o PSDB na campanha está "totalmente descartada". Ex-tucano, Dias é visto na cúpula do PSDB como o "vice dos sonhos" do ex-governador Geraldo Alckmin, que também é pré-candidato ao Palácio dos Planalto.

"(A aliança) está totalmente descartada. Não há nenhuma hipótese. Nosso projeto é definitivo. O PSDB tem sido arauto desse sistema e o assimilou por inteiro. E eu combato, proponho um rompimento com a refundação da República", disse Dias em Recife, onde participa do 17° Fórum Empresarial do Lide (Grupo de Líderes Empresariais).

Veja mostra que Aécio é a compensação tucana à prisão de Lula

O deputado Jair Bolsonaro e seus seguidores estão equivocados quando acham que pela lei da compensação política, o troco à prisão de Lula da Silva é ele.

Não é.

O troco é Aécio Neves.

Trata-se do outro polo da divisão atual de poder da política brasileira.

O ataque a Aécio, cada vez maior, e que só terminará quando ele for preso, demonstra vigor inesperado.

O caso, obliquamente, visa atingir todo o tucanato, inclusive o candidato Geraldo Alckmin.]

"Bateu nos tucanos", diz a capa de Veja de hoje, mostrando a foto de Aécio em primeiro plano, emoldurado de figuras importantes como José Serra e Aloysio Nunes Ferreira, outros alvos da chamada lei das compensações políticas.

A guerra, desta fez, não parece ficar por aí.

ONU ajudará Marchezan Júnior no caso do Parque da Orla do Guaíba

A prefeitura de Porto Alegre assinará nesta terça-feira, às 15h, no Salão Nobre do Paço Municipal, acordo de cooperação técnica internacional com o Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (Unops), agora homologado pelo Ministério das Relações Exteriores. O objetivo principal do trabalho é o desenvolvimento de um modelo de gestão para os trechos 1, 2 e 3 do Parque da Orla do Guaíba, incluindo um projeto que viabilize, por meio da iniciativa privada, as obras ainda não iniciadas dos trechos 2 e 3, que vão do Anfiteatro Pôr do Sol até o Parque Gigante.

O projeto de cooperação tem duração prevista de 15 meses e contempla também o diagnóstico técnico da área, a modelagem de negócio que viabilizará a construção e operação dos trechos 1, 2 e 3, a capacitação dos quadros municipais para o desenvolvimento de projetos de parcerias para infraestrutura urbana, entre outras atividades referentes à viabilização do projeto.

CLIQUE AQUI para saber mais detalhes.

Temer usará TV para apelar por conciliação impossível com os bandidos

O presidente Michel Temer falará esta noite em rede nacional de TV.

O Planalto avisa que o tom do discurso presidencial será um apelo à conciliação nacional.

Nesta quadra da vida nacional, a única conciliação possível é através da aplicação dura do que diz a lei.

CLIQUE AQUI para saber mais sobre a fala. É matéria do jornal Valor.

Olívio faz descoberta inédita: "Lula é um ser humano !"

O ex-governador gaúcho Olívio Dutra fez uma descoberta inédita, que resolveu compartilhar com o "ignorante" povo gaúcho:

- Lula é um ser humano.

Trata-se de um avanço em relação à percepção que têm do réu condenado e preso por corrupção Lula da Silva, uma espécie de Deus para o PT.

"Lula não é Deu", constatou Olívio, depois de cofiar o bigode missioneiro e fazer profundas reflexões teológico-políticas.

O ex-governador fez as surpreendentes revelações para a jornalista lulopetista Taline Oppitz, Correio do Povo.

Só falta Olívio Dutra descobrir que Lula é apenas um ladrão e está preso porque roubou dinheiro do povo brasileiro em quantias bilionárias.

Esta é a diferença entre preso político e político preso

É exemplar a foto do presidente do Parlamento da Catalunha, Roger Torrent, caminhando em direção à sede das Nações Unidas na Suiça, para pedir apoio para a liberação dos líderes independentes detidos na Espanha e na Alemanha.

São todos presos políticos.

Nenhum deles é ladrão.

A cena é bem diferente daquela proporcionada pela senadora Gleise Hoffman, que na Al Jazeera clamou por apoio árabe para soltar ladrões do PT, com ênfase para o líder da organização criminosa, Lula da Silva.

Geraldo Samor, Brazil Journal - A Justiça é lenta e cega, mas tem taxa de retorno

Cada País tem os precatórios que merece.

No final do ano passado, a Cosan levantou R$ 1,3 bilhão vendendo direitos creditórios referentes a ações judiciais para investidores sofisticados como o Farallon Capital Management e a Jus Capital. Eram causas que se arrastam há anos, e a Cosan encontrou investidores dispostos a pagar na frente e esperar para receber o valor de face: R$ 3,5 bilhões.

A operação foi apenas a ponta mais visível de um mercado bilionário que está ganhando cada vez mais liquidez e atraindo novos players.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Polícia continua sem notícia dos R$ 15 milhões roubados da STV

A STV não conseguiu reaver até agora os R$ 15 milhões que foram roubados das suas caixas fortes do  bairro São Geraldo, em Porto Alegre, no início deste mês. Conforme a Polícia Civil, o grupo rendeu cinco funcionários, manteve eles amarrados ao longo da manhã e fugiu levando o dinheiro de um cofre e todas as armas. O armamento roubado inclui revólveres, pistolas e espingarda calibre 12.

Como a Polícia não prendeu os ladrões e nem terminou o inquérito, o dinheiro dos 600 clientes da STV não pode ser devolvido, já que isto depende do pagamento do seguro, que só acontecerá depois de encerrado o inquérito.

A STV foi obrigada a repassar o atendimento de todos os seus 600 clientes para outra empresa de transporte e abrigo de valores.

Christine Lagarde propõe agenda para reduzir os riscos geopolíticos e comerciais globais

O editor recomenda a leitura deste pequeno texto de análise do que disse ontem Christine Lagarde sobre a influências geopolíticas e comerciais sobre a economia global, defendendo agenda de reformas para impulsionar o crescimento global no médio prazo. Leia (o texto é dos economistas do Bradesco, distribuído esta manhã para os assinantes):

Ontem, em discurso no encontro semestral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, diretora-gerente da instituição, expôs a sua visão em relação ao cenário de crescimento da economia mundial. Ressaltou que a conjuntura global continua favorável, com crescimento forte e bastante disperso entre os países, em linha com a projeção de expansão de 3,9% neste ano. Porém, a diretora ressaltou que alguns fatores de risco estão presentes: (i) a recente escalada nas tensões geopolíticas na Síria, envolvendo, de um lado, Reino Unido, França e EUA, e, de outro, Rússia e Irã; (ii) o aumento da incerteza com relação à política comercial norte-americana..

CLIQUE AQUI para ler tudo. Há apenas mais um parágrafo.

Hospital Medplex abre em junho na Capital do RS

Está confirmado para o início de junho a abertura do Bland Medplex, hospital especializado que exigiu investimentos de R$ 30 milhões, localizado no projeto Medplex, Cyrella, que nasce no bairro Santana, Porto Alegre.O hospital larga com 440 consultórios, 30 leitos de recuperação, unidade semi-intensoiva e  nove salas cirúrgica, apenas cinco a menos do que o total em operação nos grande hospitais da Capital.

É um hospital de luxo.

Os empreendedores são os médicos Rodrigo Woeto e Charles Berres, mais o empresário Luiz Felipe Ducati.