Governo Temer repete Dilma e corta 1/3 das verbas da Lava Jato

O Estadão obteve os dados por meio da Lei de Acesso à Informação.

A operação Lava-Jato e a Superintendência da Polícia Federal do Paraná tiveram quase um terço de seu orçamento cortado neste ano pelo governo federal. O Ministério da Justiça destinou para ambos R$ 20,5 milhões - R$ 3,4 milhões para os gastos extras da operação - ante os R$ 29,1 milhões de 2016 - dos quais R$ 4,1 milhões especificamente para a Lava-Jato -, uma queda de 29,5%.

Além da redução, houve contingenciamento de 44% da verba destinada. As consequências para a Lava-Jato são dificuldades para pagar diárias, fazer diligências e outras ações necessárias à continuidade da operação, asfixiando financeiramente seus trabalhos.

— Isso havia acontecido no começo da operação, mas, depois, os recursos voltaram. Agora, isso volta a acontecer — disse o procurador da República, Andrey Borges de Mendonça, que participou da força-tarefa em Curitiba e, agora, em São Paulo, cuida da Operação Custo Brasil - sobre corrupção no Ministério do Planejamento.


Procurado, o Ministério da Justiças nega as dificuldades.

Temer faz a corte ao PSB e recebe ministros tucanos para almoço no Jaburu

Na tentativa de garantir o apoio do PSDB, o presidente Michel Temer recebeu para almoço, ontem, os ministros do Partido.

Ninguém faltou.

O PSDB tem sido o fiel da balança na crise política atual, mas não par e disposto a entornar o caldo.

Nova lei federal obriga controle da natalidade de cães e gatos

Os municípios brasileiros serão obrigados a adotar políticas de controle de natalidade de cães e gatos, conforme prevê a Lei 13.426/17, sancionada pelo governo federal, após 14 anos de tramitação no Congresso.


Pela lei, o controle de natalidade será feito por meio de um programa de esterilização permanente de animais, que deverá levar em conta a superpopulação ou quadro epidemiológico existente em cada localidade. O atendimento será prioritário para os animais que vivem junto a comunidades de baixa renda. Deverão ser realizadas, além disso, campanhas educativas nos meios de comunicação para conscientizar o público sobre a posse responsável de animais domésticos.

Domingo será de chuvas e temperatura baixa no RS. 48 cidades já enfrentam problemas.

Porto Alegre, 8h30min, 17 graus

O domingo no Rio Grande do Sul já é marcado pela alta umidade e o tempo instável, conforme a MetSul Meteorologia. 

Nuvens grossas, chuvas esparsas e frio abriram o dia em Porto Alegre. O domingo chuvoso na Capital, que terá mínima de 15°C e máxima de 19°C.

Choverá no decorrer do dia em todas as regiões e forte em algumas áreas.

A Defesa Civil informou que no início da noite de sábado 48 cidades gaúchas registravam problemas devido às chuvas. Mais de 200 famílias precisaram sair de casa por conta dos problemas causados.



Um deles poderá suceder Michel Temer

o Estadão de hoje organizou este ranking dos nomes mais bem situados para a vaga de Temer, caso o presidente saia do cargo.

Alista vai pela ordem de importância da pesquisa tabulada pelo jornal:

Rodrigo Maia, Tasso Jereissati, Nelson Jobim, Gilmar Mendes, FHC, Meirelles, Carmem Lúcia e Modesto Carvalhosa.

Modesto Carvalhosa é jurista.

Fiesp, Moreira Franco e corporativismo do banco uniram-se para derrubar Maria Sílvia

A Folha de S.Paulo de hoje confirma o que o editor escreveu logo abaixo sobre os interesses da Fiesp (dinheiro farto, barato e subsídios) e de Moreira Franco (PPPs) na queda de Maria Silvia do Bndes.

Fiesp e Moreira Franco tramaram contra Maria Silvia.

O jornal também conta que a agora ex-presidente desmontou a política do PT no banco, reavaliando contratos e reduzindo financiamentos com taxas subsidiadas.

Foi uma guinada e tanto.

Logo após assumir, ela suspendeu a liberação de R$ 4,7 bilhões de empréstimos que os governos petistas tinham concedido para empresas envolvidas na Lava Jato. Fora, 25 contratos de financiamento à exportação de serviços.

Nos últimos 15 dias, Maria Silvia enfrentou sua maior crise, com a Operação Bullish e a delação da JBS,o que acirrou um racha com os funcionários do banco, muitos dos quais estão sob investigação. A corporação exigiu uma defesa que a presidente nunca fez de modo direto. Essa gente ajudou a derrubá-la. Os mesmos que se acumpliciaram ou se omitiram quando o Bndes foi usado como fornecedor de dinheiro fáciul para a corrupção do PT.

Artigo, Adriana Lisboa - Os amantes da Cracolândia

Há algum tempo, atendi uma paciente que foi resgatada à força pela família, da cracolândia em SP. Estava pesando 34 kg, tendo 1m e 67 cm de altura. Estava com sífilis, AIDS e foi a tuberculose mais extensa que vi na vida. Pra se ter idéia, nem em foto de livro vi nada igual. Contou-me que vivia há 2 anos lá. Fazia sexo com até 20 desconhecidos por noite ao preço de 5 reais, para consumir tudo no mesmo dia, fumando pedra. Perdeu família, emprego, dignidade e a razão.

A pessoa que abre mão de uma vida, pra se tornar um escombro, um farrapo humano, uma fruta podre pisoteada na sarjeta, está doente e essa realidade em que vive, não é uma escolha ou uma "forma de protesto".


Quem é contra a internação compulsória dessas pessoas, certamente nunca teve um familiar nessa situação e nunca viu a cracolândia de perto.

CLIQUE AQUI para ler o artigo do blog Ataque Aberto.

Requião diz que delação da JBS foi tramada nos EUA

Ao lado, Maria Louca. 

Sem entender mais nada do que acontece, o senador Roberto Requião postou vídeo nas redes sociais em que acusa o Departamento de Justiça dos Estados Unidos de estar por trás das delações premiadas da JBS:

- Não foi a procuradoria do Brasil que fez o acordo premiado com a JBS. O objetivo é ferir a soberania brasileira e liquidar com as garantias sociais no Brasil.

O senador do Paraná, conhecido no seu Estado como Maria Louca, não explicou de onde tirou todo o desvario das declarações que fez.

Requião chamou de reflexão a peroração que gravou.

Temer aposta em vitória no TSE

O presidente Michel Temer não teme derrota no julgamento agendado para o dia 6 pelo TSE.O governo acha que a chapa Dilma-Temer será desmembrada por 5 votos contra 2.

Há controvérsia.

Lula reúne juristas, une-se a Temer nas críticas à PGR e diz que Joesley é bandido


O ex-presidente Lula promoveu um encontro com dezenas de juristas, nesta quinta, para denunciar o que chama de “Estado de exceção”. Repetiu que se sente perseguido e fez duras críticas à nova estrela da crise política, Joesley Batista, que classificou como “um bandido”.

A notícia é da coluna Painel, Folha de hoje. Leia tudo:

O ex-presidente rechaçou as acusações do dono da JBS e disse que o acordo que Joesley obteve na Justiça é “um escárnio”. Com o ataque, se soma a Michel Temer, até aqui a principal vítima da delação do empresário.
Novos tempos A reunião com advogados e juristas ocorreu em um hotel em SP, a portas fechadas. Todos os convidados deixaram os celulares fora. Os aparelhos receberam uma etiqueta com o nome do dono e só foram devolvidos ao final do ato.
Rir para não chorar Lula disse que os benefícios que Joesley obteve com a delação eram de “provocar risos” e deu pitaco sobre a crise política. “Prefiro perder dez eleições diretas do que ganhar uma indireta”, afirmou.

Lágrimas O ex-presidente chorou ao lembrar da mulher, Marisa Letícia, que morreu este ano. Disse que não se incomoda de depor, mas que é difícil falar sobre ela. Após falar ao juiz Sergio Moro, ele foi criticado por tentar imputar decisões a respeito do tríplex no Guarujá a Marisa.

Cristina Kirchner diz que Temer é cafona e brega

Em entrevista, a ex-presidente Cristina Kirchner acenou com a possibilidade de se candidatar ao cargo de senadora da Argentina.

Em entrevista à TV argentina nesta quinta-feira, a ex-presidente Cristina Kirchner fez duras críticas ao atual governo de seu país, liderado por Mauricio Macri, e também não poupou Michel Temer, presidente do Brasil, classificado por ela como “um farsante cafona”.

Na entrevista que foi ao ar no canal C5N, a ex-presidente convocou toda a oposição a “construir a unidade para frear” a política econômica do governo Macri.


Ela também falou sobre a crise política no Brasil e disse que Temer é “um palhaço desastroso”. “Olha o que está acontecendo no Brasil, esse farsante cafona que têm como presidente. Um dia chama as Forças Armadas para reprimir, mas no dia seguinte retira o decreto. É um escândalo”, afirmou.

Artigo, Rodrigo Constantino, Gazeta do Povo - Gato usado como arma em Brasília poderá perder a pata

Uma cena cruel durante a manifestação dessa quarta-feira (24/5) na Esplanada dos Ministérios chocou quem estava perto. Um gato foi arremessado durante o protesto que terminou em confusão. Com a violência, o bichinho fraturou a pata dianteira.

Perplexa com a situação, a jornalista Carla Benevides pegou o animal e o levou com ela. O gatinho foi encaminhado a uma clínica no Lago Norte e corre o risco de ter a pata direita amputada. Segundo a jornalista, ela estava acompanhando a manifestação em frente ao Ministério da Justiça quando um rapaz entregou o animal afirmando que ele foi arremessado por cerca de 10 metros.


“Eu adoro bicho, o peguei na hora, mas não sabia o que fazer porque estava trabalhando. Vi que estava muito assustado. Fiquei com pena porque ele miava muito, dava para ver que estava com dor”, afirmou a jornalista.

CLIQUE AQUI para ler mais.

Temer abatido

O presidente Michel Temer não está abatido, mas sente-se moralmente atingido e quer reagir, conta Veja de hoje.

Aécio abatido

A Folha de S.Paulo de hoje diz que Aécio Neves está abatido.

Acordão para manter Lula e Temer longe de Moro nasce em Brasília

Estadão afirma que eleições indiretas vão anistiar políticos

O jornal Estado de São Paulo afirmou que há um ‘acórdão para manter Lula e Temer londe Moro em Brasíli’. De acordo com a publicação, a ideia é Ideia é utilizar uma eventual eleição presidencial indireta para “anistiar” parte do mundo político e colocar o Congresso como contraponto à Lava Jato e ao Ministério Público.

“Os cérebros da trama atuam, sobretudo, no Senado Federal. Na ponta final da maquinação está o compromisso de alterar a Constituição para garantir foro privilegiado a ex-presidentes da República, o que beneficiaria diretamente Lula, Sarney, Collor, Dilma e, eventualmente, Michel Temer, todos alvo de investigações”, comenta o jornal.

CLIQUE AQUI para ler mais.

A Fiesp contra Maria Silvia e a favor de Paulo Rabello.Saiba por que razão.

CLIQUE AQUI para ler Miriam Leitão 
explicarbpor que razão saiu Maria Sílvia.

O presidente da Fiesp, Paulo Skaf,saboreou a queda da presidente do BNDES, Maria Silvia. Os industriais paulistas estavam com saudade do dinheiro farto e barato do banco, já que sem eles e sem subsídios fiscais não conseguem sobreviver e manter a hegemonia.

Skaf saudou a chegada de Paulo Rabelo, de quem é amigo.

O BNDES vai fazer jorrar dinheiro para PPPs e infraestrutura, ou seja, para os manganos de SP.

Depois de semana de embates, Perondi cavalga nos Aparados da Serra

Perondi e a mulher Regina.Regina é forte ativista do PMDB.

O deputado Darcísio Perondi, vice-líder do governo Temer, está fazendo cavalgada neste momento nos Aparados da Serra, RS, para onde viajou na companhia da mulher e de amigos que comemoram os 40 anos de graduação na Faculdade de Jornalismo da Unisinos. Foi a primeira turma e o paraninfo foi o jornalista Mendes Ribeiro.

O editor falou há pouco com Perondi, que avisou:

- Aproveito para desestressar um pouco.Foi uma semana de grandes embates e emoções.

O momento emblemático no qual a  base aliada saiu do escanteio no plenário da Câmara, esta semana, retomando a ofensiva das reformas e encurralando de novo os lulopetistas foi na quarta-feira, quando os gritos de "Lula na Cadeia" superaram os brados de "Fora Temer".

Darcísio Perondi é médico.

Ele está convencido de que o pior da crise já passou.

O deputado do PMDB almoçou com Temer, quinta-feira, no Planalto, na companhia de outros deputados, inclusive Mauro Pereira, que é também do PMDB do RS.

VemPraRua, braço ongueiro do PSDB, começou a atacar Temer

O VPR ignora a situação de Aécio.

A página do VemPraRua no Facebook passou a abrir as baterias contra o governo Michel Temer.

Os ataques restringem-se ao presidente e aos ministros do PMDB, mas evitam críticas aos ministros do PSDB.

A atitude do VemPraRua é interpretada como sinal inicial de um desembarque dos tucanos, já que o movimento possui ligações históricas com o PSDB e é considerado braço ongueiro do Partido.

Esta semana, o VemPraRua saiu do muro e passou a atacar Temer.

Gilmar Mendes confirma que fazenda da família fornece gado para a JBS

O ministro Gilmar Mendes confirmou que sua família é fornecedora de gados para a empresa JBS, que está no centro do escândalo que envolve Michel Temer e tem um acordo de delação homologado no STF.

 "Minha família é de agropecuaristas e vendemos gado para a JBS lá (Mato Grosso)", disse o ministro, explicando que um irmão é quem negocia os valores com a empresa. Segundo o ministro, a relação comercial com a empresa não é motivo para ele se declarar impedido de participar das votações futuras relacionadas à JBS no STF:

- Não. Por quê? As causas de impedimentos ou suspeição são estritas.

Veja diz que futuro do governo Temer depende do TSE

Se tudo depende do TSE, nada depende do TSE.

A revista Veja que já está nas bancas, dedica todas as chamadas principais de capa para tratar da crise causada pela revelação das delações, grampos e documentos relacionados com o Caso JBS.

A crise política decorrente sobretudo do grampo aplicado por Joesley Batista sobre Temer, fizeram estremecer as bases do governo e por pouco não o derrubou. Este risco ainda existe, mas Temer conseguiu circunscrever a crise, já que impediu a debandada iminente e  reagrupou praticamente toda a base aliada, prosseguiu avançando com as reformas no legislativo e termina a semana com o apoio desse ente aparentemente invisível, o mercado, e com ganhos no embate que trava com seu principal algoz, o procurador Ricardo Janot, e com a oposição tresloucada que voltou a mostrar a cara nas ruas de Brasília.

Somente um escândalo novo de proporções iguais ao da JBS poderá mudar o cenário em desfavor do governo Temer, que visivelmente sangra, mas que demonstra ter muito mais fôlego do que tinha Dilkma nos seus piores momentos.,


Globo insiste em governo sem Temer

A Globo continua insistindo na necessidade de formação de um governo que possa suceder o governo do presidente Michel Temer.

Um dos comentaristas da Globonews, Gerson Camarotti, avisou ontem que o PSDB lidera as conversas.

A Globo trabalha especulações generalizadas como decisões tomadas.

Acontece que depois de uma semana da crise provocada pelo vazamento do grampo aplicado porJoesley Batista sobre Temer, o governo estabilizou e o cerco sobre ele perdeu força vital.

Assembléia não quer investigar o governo Tarso Genro pelo Caso Badesul

O escândalo do Badesul (leia nota a seguir) ocorreu no governo Tarso Genro, a PGE apurou que as ordens para violar os regramentos legais vieram de cima, mas a Assembléia não dá apoio à CPI que pede o deputado Enio Bacci.

Nem mesmo a totalidade dos deputados do PDT, Partido de Bacci, concordam em assinar o pedido, que só precisa mais duas assinaturas para sair.

PGE dá prazo para defesa dos acusados no escândalo do Badesul

A Procuradoria-Geral do Estado do RS começou a enviar nesta sexta-feira ofícios aos 23 responsabilizados pelos empréstimos que causaram rombos milionários ao Badesul, solicitando a entrega de manifestação de defesa por escrito no prazo de 15 dias corridos. A PGE apurou ausência de garantias bancárias, flexibilização de normas e análises de crédito fictícias nos financiamentos concedidos pelo Badesul a Iesa Óleo e Gás, Wind Power Energy e D'Itália Móveis. As três operações, firmadas entre 2012 e 2013, causaram calote de R$ 157 milhões ao banco.

Nesta etapa, os investigados podem apresentar as últimas alegações.  

A  PGE ingressará na Justiça com ações de improbidade administrativa contra os responsabilizados.

O Ministério Público Estadual, desde outubro de 2016, também investiga o caso, mas nada adianta sobre o caso. Também o TCE debruça-se sobre o escândalo.

Sábado será novamente de chuvas e temperatura baixa no RS

Porto Alegre, 8h30min, 17 graus

O sábado amanheceu com nuvens fechadas, chuvas esparsas e temperatura fria em Porto Açlegre.O dia ser[a de instabilidade no Rio Grande do Sul.
.
A umidade permanecerá muito elevada, o que determinará que a temperatura volte a variar muito pouco entre as mínimas e máximas do dia – em Porto Alegre, o sábado chuvoso terá marcas entre 15°C e 18°C. 

Paulo Rabelo de Castro é o novo presidente do BNDES

Paulo Rabelo de Castro, que até esta tarde presidia o IBGE, foi confirmado esta noite para o cargo de presidente do BNDES.

Vem aí a Scalzilli Althaus

Na semana que vem, 30 de maio a 2 de junho, o advogado Fabrício Scalzilli abrirá as portas do escritório de rua Carlos Huber 110, Porto Alegre, para apresentar o novo formato e a marca com os quais buscará reposicionar-se no mercado, a Scalzilli Althaus.

Cerveró e Baiano confirmam achaque aos Schain para calar chantagista que ameaçava Lula pelo Caso Celso Daniel.

A propina do Banco Schain (empréstimo frio) foi de R$ 12 milhões. Parte do dinheiro foi usado para calar Ronan Maria Pinto, dono do jornal Grande ABC, que chantageou Lula e Gilberto Carvalho para calar sobre o que sabia sobre o assassinato do ex-prefeito Celso Daniel. O pecuarista Bumlai foi encarregado por Lula para a intermediação entre a Petrobrás e o grupo Schain. 

CLIQUE AQUI pra ler reportagem que conta em detalhes todo o episódio. O publicitário Marcos Valério já tinha contado a mesma história. 

CLIQUE AQUI para examinar fala de Marcos Valério ao juiz Sérgio Moro. Ao lado, foto de capa do livro de Silvio Navarro sobre o caso,.

Os delatores da Lava Jato, Fernando Soares e Nestor Cerveró, depuseram na manhã desta sexta-feira perante o juiz Sérgio Moro, em ação que investiga o pagamento de propinas na contratação e operação de dois navios-sondas da Petrobras. São réus nesta ação os operadores financeiros Jorge e Bruno Luz, pai e filho. A denúncia tem como base as investigações que geraram a 38ª fase da Operação Lava Jato, batizada de Blackout.

Fernando Soares, conhecido como Fernando Baiano, disse que negociou com Nestor Cerveró e Luis Carlos Moreira da Silva, ex-gerente executivo da Petrobras, a construção dos navios-sondas Petrobras 10.000 e Vitória 10.000. O lobista também disse que a contratação da Schain como operadora das sondas foi indicação de José Carlos Bumlai, para quitar uma dívida do PT com o banco Schain. O que disse Fernando Baiano ao juiz Sérgio Moro:

- A Schain surgiu nessa história de uma conversa minha com o José Carlos Bumlai sobre uma dívida que o PT tinha com o banco Schain. 

Nestor Cerveró, ex-diretor da área Internacional da Petrobras, também confirmou que a contratação da Schain "serviu também para resolver o problema de dívida que havia de campanha do PT com a Schain". Ele disse que soube da pendência com o partido por meio de Sérgio Gabrielli, ex-presidente da Petrobras.

Saiba quem é e como está o ativista do PT que perdeu a mão ao atacar a PM de Brasília.

CUT, Fetraf, Andes, UNE e demais organizações aliadas, satélites  aparelhadas, sobretudo do PT, O PCdoB e Psol, arrebanharam gente em dezenas de cidades brasileiras. O editor conferiu uma das cidades gaúchas, São Lourenço do Sul, e constatou que dali saíram dois ônibus, um da Furg e outro da Fetraf-CUT. Neste caso de SC, 40 ônibus saíram para Brasília.

Vitor Rodrigues Fregulia, de 21 anos, estudante do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) de Araranguá, que perdeu parte da mão depois que estourou uma bomba de fabricação caseira que ia jogar na PM, já foi operado e sorri leve e solto no Hospital de Base de Brasília (foto ao lado). Ele é natural de Praia Grande, Araranguá, SC.

Fregulia é estudante de física e um dos integrantes do grupo de manifestantes que deixou Araranguá na manhã dessa terça-feira, dia 23, em direção à capital federal. 

De acordo com o jornal Correio Braziliense, um segurança da Câmara dos Deputados relatou que o jovem teria pego um artefato e tentado lançá-lo contra os Polícias Militares, que atuavam na região da Esplanada dos Ministérios. No entanto, segundo a assessoria da CUT, o jovem teria se ferido após pegar um rojão lançado pela PM, momento em que a explosão teria ocorrido. De acordo com a Polícia Militar, esta versão é "fantasiosa" e “praticamente impossível”. A corporação afirma que apenas um dos dois tipos de bombas utilizadas durante a manifestação pode causar lesões. O ferimento, no entanto, seria improvável porque os artefatos explodem muito rápido, com 1,5 segundo ou 3 segundos após serem lançadas, diz a PMDF. Ainda segundo a corporação, o outro tipo de bomba usada não poderia causar dano porque não explode.