Assis, irmão de Ronaldinho, pega 5 anos por "lavagem de dinheiro" em 2003 e 2004

-  A nota a seguir é do Uol (www.uol.com .br) desta terça-feira. A notícia sobre a condenação de Assis Moreira, irmão de Ronaldinho, fornece combustível para a CPI do Instituto Ronaldinho Gaúcho, que passa por processo de instalação na Câmara de Porto Alegre.

O irmão e empresário de Ronaldinho Gaúcho, Roberto de Assis Moreira, foi condenado à prisão em regime semiaberto pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, nesta terça-feira. A razão para sentença de cinco anos e cinco meses se deve à acusação de lavagem de dinheiro e sonegação de impostos, ocorridas em 2003 e 2004. Assis ainda pode recorrer da decisão, publicada na última quinta-feira.
De acordo com a denúncia, Assis contribuiu para que fossem sonegadas informações ao Banco Central sobre transferência e câmbio de 884 mil dólares. Além de depósito de 125 mil em banco na Suíça sem prestar esclarecimentos à Receita Federal, e ocultar e dissimular movimentações de propriedade no valor de R$ 776.480,28, convertendo-o em ativos lícitos.

A alegação de Assis sobre o dinheiro investido e impostos sonegados é que eles tinham origem em sua carreira como jogador de futebol, encerrada em 2001, na França. Assis teve passagens por Corinthians, Grêmio, Fluminense, Vasco e uma série de times fora do país quando atleta profissional.

Atualmente, Assis gere a carreira de Ronaldinho Gaúcho e tem muitos investimentos em Porto Alegre. No entanto, a situação da família deles não é a melhor na capital gaúcha. O clube de futebol que tinham, Porto Alegre, foi fechado por tempo indeterminado. Da mesma forma, após um assassinato, a casa noturna Planet Hall também acabou interditada.
Além do ódio da torcida do Grêmio, fruto da negociação frustrada no início de 2011 e da maneira que Ronaldinho deixou o clube em 2001, sem praticamente gerar lucro algum. Assis foi intermediário das tratativas com o Grêmio ano passado, e principal vilão eleito pela direção gremista.

Segundo a sentença, publicada no site oficial do TRF, Assis precisará cumprir 5 anos e 5 meses de prisão em regime semiaberto. Além de pagar 40 salários mínimos da época de um dos casos, maio de 2004, e mais 15 salários mínimos de outra acusação, dezembro de 2003. No entanto, a prisão não será imediata, pois ele tem o direito de recorrer em liberdade.

14 comentários:

Anônimo disse...

e ainda tem o rolo da tal ONG, fundação, instituto, sei la, que leva o nome do jogador...

Anônimo disse...

O homem saiu da vila mas a vila não saiu dele...

Anônimo disse...

Sem falar no caso do cheque do Grêmio, onde Dody Sirena e Marcelo Sirotsky brigaram e até agora ninguém devolveu um tostão.

ChorbaMatrix disse...

Pois é, todo o RS esta contra Ronaldinho e faz o que pode para acabar com o milionário.

Enquanto alguns ou muitos podiam tirar uma casquinha tudo era mil maravilhas.

Devemos querer justiça e ela deve ser feita. Neste caso o Assis é o Réu, não o Ronaldinho.

O Rio Grande Do Sul perde sempre, infelizmente.

Alguns Políticos estão no RS, mamando, como se nada tivesse ocorrido em suas vidas.

Temos que avaliar muito bem e não pré-julgar, seja na política e nos esportes do RS.

Gilmar Moschem disse...

No mínimo,mais da metade do RGS sente-se melhor por todas as mentiras,injurias e vergonhas a quem mais lhe ofereceu ajuda quando precisou,tanto a si quanto ao seu irmão! Infelizmente, essa penas não são nada, mas eu torço para que essa familia volte a miséria.

Anônimo disse...

Só vejo dois neuronios na foto!

Anônimo disse...

Tive a informação de que eles possuem uma boate de ¨entretenimento adulto¨ nas intermediações da Av. Farrapos.
Mas não sei se procede ou não.

Anônimo disse...

Uma vez Gentinha, sempre Gentinha !!!

Anônimo disse...

Gilmar, das 19:16, vai aprender a falar português. A maneira que você escreve é que é uma miséria.

Anônimo disse...

Os irmãos vão pagar por tudo que fizeram e pelo que não fizeram também. Os juízes tricoloridos se encarregarão de liquidar com essa dupla que fez gato e sapato aos da azenha e em breve do locatício

Anônimo disse...

Deve ter gente de ponta na Prefeitura de POA perdendo o sono! Juntamente com sua devida conjuge !

Anônimo disse...

Os irmãos TRAIRAS devem se mudar para a beira do rio, clube do anonimo das 22:54. Aliás, parte da desta familha TRAÍRA já está lá.

Anônimo disse...

Aqui nessa terra, só quem pode ficar devendo é o governo ao cidadão e que "nada me acontece, Sílvio".

Cidadão que arrriscar ficar devendo ao governo, é cadeia MESMO !

Assis, manda o resto todo prá Suíça, esse país não é sério.

Anônimo disse...

Isso tudo e um bando de maloqueiros com dinheiro e fazendo caixa 2 e lavagem de dinheiro!