segunda-feira, 16 de abril de 2012

Veja e Zero Hora mostram que Lula e Tarso são farinhas do mesmo saco

Neste final de semana a revista Veja e o jornal Zero Hora publicaram “Cartas aos Leitores” que orgulham todos os jornalistas e todos os brasileiros que zelam pelo estado democrático de direito. Veja e Zero Hora mostram que Lula e Tarso são farinhas do mesmo saco de farsas, meias verdades e dissimulação.

. Veja – A revista abriu sua carta com o título “A farsxa de que foi farsa”, na qual demonstra que foi Lula e não Zé Dirceu o verdadeiro Chefão do Mensalão e que ele só não foi cassado como chefe da quadrilha por que a oposição amarelou. “Dado como curado, agora se lança a uma cruzada para batalhar contra o julgamento do Mensalão”, denunciou a revista. É o que ele, o governo e o PT tentam armar ao meter fogo na CPI de Carlinhos Cachoeira, tentando envolver nela o Procurador Geral da República, Roberto Gurgel, e o ministro do STF, Gilmar Mendes. A idéia é demonstrar que todo mundo é ladrão igual e com isto evitar ou ensurubar o julgamento previsto para o STF. Aliás, Lula e o PT tentam enfiar no mesmo saco a própria imprensa, começando por Veja, porque um dos editores usou como fonte de reportagens o bandido de Goiás.

. Zero Hora – O jornal reagiu às ofensas do governador Tarso Genro, assacadas contra o jornalista David Coimbra e a própria RBS. O governador foi vulgar ao vestir o chapéu das denúncias feitas contra o estado deplorável do Presídio Central de Porto Alegre, alegando que a RBS não maltratou sobre o mesmo caso os governos Britto, Rigotto e Yeda. Tarso Genro pulou o governo do seu companheiro Olívio Dutra, que continua preferindo andar de bicicleta do que trabalhar. 

- Veja denuncia que o PT tem práticas stalinistas, é um Partido anti-democrático que veste pele de cordeiro e não sabe conviver com sociedades modernas e democráticas.


CLIQUE AQUI para ler a reportagem “Eles querem apagar o Mensalão”, de Veja. 

13 comentários:

Anônimo disse...

Pra Zero Hora, agora é tarde ... é que nem a virgem ingênua que "deu" e agora quer de volta sua virgindade !

Ao Grupo RBS : vocês tiveram a chance de transformar este estado numa Bélgica, mas preferiram o comodismo de receber polpudas verbas oficiais ... agora, vejam a semente apodrecer, porque o terreno todo já está contaminado ... POR CULPA DE VOCÊS !!!

Anônimo disse...

Políbio, pelo que me recordo, no governo da Yeda foi aprovada a construção de um presídio em Canoas. O Tarso desfez o ato administrativo do governo Yeda.
Com isto ele assumiu a responsabilidade pelo Presídio Central, e pelas suas condições.
Não fez nada para construir outro, como queria a Yeda, que trabalhou para deixar isto bem encaminhado. A responsabilidade do Presídio Central é do Tarso Genro.

Troço Genro disse...

"Caro Marcelinho S., está muito na cara esta nossa parceria para enrolar os trouxas gaúchos. Vamos simular uma briguinha para os eleitores que pensam não achar que você oPTou e que nós nos aburguesamos? Assim parece que estamos de mal, você posa de imprenSSa livre e eu de anti burgues, Desta forma você segue vendendo seu jornaléco e eu no poder"

Anônimo disse...

Veja e Zero Hora? O editor é criança ou o que? Só pode estar brincando.

Anônimo disse...

É preciso matar a cobra quando ela ainda é pequena, porque depois que ela cresce é muito mais difícil.
Deixaram a cobra crescer agora quero ver como vão conseguer eliminá-la.

Anônimo disse...

Políbio,

Será por que a RBS, o Zero Hora e os outros grandes meios de comunicação do Rio Grande do Sul, após a eleição do governador Tarso Genro do PT, adotaram o silêncio em relação ao covarde assassinato do meu saudoso irmão Marcelo Cavalcante, mas que foi vergonhosamente encerrado como suicídio pela Polícia Civil do DF e pelo MPDFT?

Parece que a única coisa que realmente interessava aos principais meios de comunicação era tão somente abater e tirar do páreo a ex-governadora Yeda Crusius, não se importando em investigar o que de fato ocorreu com meu irmão?

Tão logo percebemos os vários indícios e as várias evidências de participação da sra. Magda Koenigkan, principal suspeita antes da troca de delegados, na emboscada que culminou com o cruel assassinato do Marcelo fomos rapidamente e vergonhosamente excluídos como fonte, para ajudar na rápida e fácil elucidação da morte do meu irmão, será por quê?

Diferentemente a mídia tratou a sra. Magda Koenigkan, inclusive intitulado-a de “viúva”, mesmo sendo pega várias vezes em contradições e mentiras, mas nunca era colocada como suspeita pela grande mídia gaúcha, muito pelo contrário, deram enormes espaços para a principal suspeita. Confesso que não foi por falta de procurá-los. Mas, a meu ver, a minha verdade era inconveniente!

O mais grave é que após o farsante e vergonhoso desfecho de suicídio, mesmo a minha família e os verdadeiros amigos do Marcelo tendo 100% de certeza de que foi vítima de um orquestrado, premeditado e covarde assassinato, a RBS nunca quis ouvir a nossa versão. Será por quê?

Será que a grande mídia realmente acreditou que o Marcelo cometeu suicídio? Tenho certeza e aposto que não...

Marcos Cavalcante (irmão do Marcelo)

Anônimo disse...

Só agora vocês perceberam?!!

Quanto ao pt ser antidemocrático: É óbvio que o partido todo é anti democracia - é a essência do partido, pois do contrário estaria do outro lado e não seria oposição. Logo, trabalha todos os dias para destrui-la e não reforça-la...

Anônimo disse...

Farso Gênero...

Anônimo disse...

Esse nanico posa de Chaplin da demagogia barata e rasteira. Quem ferrou o RS foi o povo ignorante e besta que mora neste estado, tem o governo que merecem esses bovinos.
Quanto ao mensalão todos sabem que haverá pressão de todos os lados porque a maioria dos safados da quadrilha pertencem a todos os partidos.
No final vão provar que a culpa foi do Valério e não do governo que irrigava as contas. Como já está na cadeia vão ter a companhia do Carlinhos cachoeira.

Anônimo disse...

É impossível discordar dos colegadas anonimos acima, principamente o das 17:50.

Uma vez escorpião sempre escorpião.

Anônimo disse...

"Zero Hora" é um jornal, não tem vida própria, não escreve... é escrito.
Denunciar o peleguismo de "Zero Hora" ajuda a livrar a cara dos jornalistas subservientes ou engajados que escrevem "Zero Hora" e colocam o jornal a serviço da esquerdalha. É preciso dar nome aos pelegos: Luiz Fernando Velhinho de Taubaté Veríssimo, Lauro Quadros, Rosane Oliveira, Carolina Bahia e cia.

Anônimo disse...

Políbio é difícil acreditar em políticos neste país.Eles sao todos farinha do mesmo saco.Ontem escutei uma entrevista com Ana Amélia Lemos que me escandalizou com seu novo rumo político. O "brasilsinho" virou uma grande "cachoeira" onde todo mundo se banha no dinheiro público sem o mínimo constrangimento.Até parece aquele versinho de uma música que tocou por algum tempo"todo mundo é de todo mundo e ninguém é de ninguém".Onde está a ética? Foi contaminada pelo PT! Com todo a elegância "PQP"!...

Anônimo disse...

A Zero Hora, assim como a Falha de SP cada vez tem menos leitores pelo lado paridario que adotaram. São parciais, logo perdem leitores.