Onyx comemora convocação do dono da Delta. CPi chega ao gabinete de Dilma.

O deputado Onyx Lonrenzoni, DEM, o único parlamentar gaúcho que integra a CPI do Cachoeira, comemorou a convocação do dono da Delta, Fernando Cavendish para depor no dia 28. O que ele mandou dizer ao editor nesta sexta-feira:
- Nós já ouvimos o decorador da casa de Cachoeira e daqui a pouco vamos ouvir o psicólogo da atual mulher ou da ex-mulher.

. A oitiva do dono da Delta marcará o início das investigações sobre as obras do PAC, o que significa que a CPI chegará ao gabinete da presidente Dilma Rousseff. A Delta ficou com 40% das obras do PAC 1.

8 comentários:

Nélio disse...

Tudo isso para quê? Ele ficará calado (só por isto o relator petralha concordou).

Anônimo disse...

Ô Onyx:
Convoca também o Mário Rangel e o resto da da pelegada twiteira esquerdalha, porque eles devem ter boas explicações pra essa roubalheira toda.
Ah: O Luladrão também não sabia de nada...
Ahahahahahahahhaha!!!!!!!

Claudio disse...

Os ccs dele também deveriam ser convocados a dar explicações.

Anônimo disse...

Fernando Cavendish entrará mudo e sairá calado. É seu direito constitucional. Quanta ingenuidade desses "congressistas" acharem que o cara vai abrir o bico...

Mario Rangel disse...

Vai lá Políbio... torçe bastante... quem sabe tu derruba a Dilma.

kkkk...

Mordaz disse...

Só se Cavendish falar, o que é pouco provável.

Anônimo disse...

E CC Federal que ele usava "indevidamennte" nada....

Anônimo disse...

Nós já sabemos tudo que ele vai dizer. NADA.
Agora, pensando bem, um grande empresário, dono da maior empreiteira do PAC não ter nada a declarar, deve ser preocupante; muita sujeira deve estar escondida nos documentos apreendidos durante as operações policiais.
Precisa alguém com zelo para dedicar muito tempo e paciência e encontrar todas provas da sujeirada.
Para condenar o cara não precisa da confissão dele; precisa de provas e elas devem estar na documentação apreendida, pois do contrário, se ele fosse um empresário honesto não precisaria ficar mudo e calado.
Explicaria todas suas ações e mostraria porque ganhou as licitações, mas como não pode fazer isto, tem o direito de ficar calado, que diga-se, é um direito dos que tem algo a esconder.