segunda-feira, 29 de abril de 2013

Povo vaia Dilma em ato eleitoreiro de entrega de ônibus escolares no Mato Grosso

Produtores rurais vaiaram a presidente Dilma Rousseff (PT) e o governador do estado, André Puccinelli (PMDB), durante solenidade de entrega de 300 ônibus escolares, no Jóquei Clube, em Campo Grande, nesta segunda-feira (29). O grupo protestou contra a demarcação de terras feita pela Fundação Nacional do Índio (Funai) em Mato Grosso do Sul. A maioria do grupo ficou atrás do setor da imprensa, na parte descoberta. Eles repetiram as vaias durante o discurso de diversas autoridades ao longo do evento. O protesto foi organizado pelos 69 sindicatos rurais do estado e pela Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul) e outras entidades que representam os produtores rurais.

. Segundo a Famasul, cerca de 3 mil produtores de Mato Grosso do Sul e também do Paraná participaram. Durante a entrega de chaves dos ônibus escolares aos prefeitos, em que não havia discursos, Dilma Rousseff foi vaiada pelos produtores, que gritavam “demarcação, não” e “sim à produção”. O governador chegou a interromper a solenidade para pedir que eles parassem de vaiar, “em respeito a presidente”. Em seguida, os manifestantes chegaram a vaiar novamente, mas depois pararam.

* Clipping G1.

2 comentários:

Mario Oliveira disse...

A solenidade, diferentemente do que foi publicado, foi em Campo Grande, Mato Grosso do SUL. O povo de lá é muito cioso desta distinção (entre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul). Existe uma discórdia quanto ao Pantanal, já que a maior parte do mesmo está localizado fisicamente no MS, mas quem leva a fama é o MT.

Anônimo disse...

Gente incompetente tem que levar nos dedos mesmo.