Ricos gaúchos engordam ainda mais a lista de doações ao tucano Marchezan Júnior. Valor total já é de R$ 1,9 milhão.

Os nomes das empresas citadas pelo editor nada têm a ver com as doações. Elas foram colocadas entre parênteses para exemplificar algum tipo de ligação que os doadores tiveram ou têm com elas.

O editor voltou a pesquisar no TSE as totalizações de doações para as campanhas eleitorais de Porto Alegre - Sebastião Melo e Marchezaqn Júnior. 

O faturamento do candidato tucano continua crescendo e agora chega a R$ 1,9 milhão, contra R$ 1,1 milhão do candidato do PMDB.

A lista de doadores de Marchezan Júnior é um bom retrato da elite empresarial gaúcha, cujos novos nomes engordaram o ranking entre o primeiro e o segundo turno. Ele também está conseguindo mais dinheiro com a direção nacional. Aécio Neves depositou na conta de campanha mais R$ 100 mil, que se acrescentam aos R$ 50 mil iniciais.

Os ricos de Porto Alegre estão em peso na lista. Eles são ligados aos maiores grupos empresariais do RS, com destaque para os Gerdau, R$ 250 mil. Também estão os Estima (Taurus), Bolivar Moura (ex-Ipiranga), Ling (Petropar), Alexandre Grendene (Grendene), Jorge Logemann (SLC e Ferramentas Gerais) e os Vontobel.

Outros dois nomes também chamam a atenção:

Heitor Muller, presidente da Fiergs, e Maurício Sirotsky Neto (RBS).

CLIQUE AQUI para ler todos os nomes e saber todos os valores doados.