JBS subornava fiscais para fazerem “vista grossa” aos produtos do frigorífico

A JBS pagou propina durante vários anos a cerca de 200 fiscais do Ministério da Agricultura. A “mesada” era de R$ 20 mil por servidor e tinha por objetivo fazer os fiscais federais agropecuários flexibilizarem a aplicação das regras sanitárias.

As informações constam de anexo à delação premiada feita pelo presidente da JBS, Wesley Batista, ao Ministério Público Federal. A lista com os nomes dos servidores envolvidos será enviada ao MPF em até 60 dias, segundo compromisso firmado pelo empresário durante o processo de delação.

15 comentários:

Mordaz disse...

Era para fazer vista grossa ou era para não ser chantageado? O que mais os ficais fazem de comum.

Mordaz disse...

Quanto bandido neste país, a começar por Temer.

Anônimo disse...

E aqui gritam contra a tentativa do governo de privatizar a inspeção sanitária. Funcionários estáveis e vistas grossas são o caldo de cultura da corrupção. Se a inspeção de obras é feita pelo CREA, porque a inspeção sanitária não pode ser regulamentada/fiscalizada da mesma forma ?

Anônimo disse...

A corrupção está entranhada na cultura brasileira.Somente com investimento em educação mudaremos este quadro.Não a educação didática apenas,mas a educação de nos transformar em cidadãos e cidadãs de verdade.Estamos décadas atrasados nestes investimentos,e ainda assim,quando forem feitos,levaremos anos para mudar o quadro do "quero levar vantagem em tudo".

Anônimo disse...

Ministério da agropecuária deveria mandar pedido de desculpas a centenas de frigoríficos fechados e multados por ordem de Joesley que queria monopólio de mercado...

E cadeia nos propineiros corruPTos............

Anônimo disse...

POLIBIO...VOCÊ E GRANDE PARTE DA MÍDIA...CREIO QUE POR VICIO,
SEMPRE ACUSAM UMA PARTE...NORMALMENTE QUANDO ENVOLVE
SERVIDORES PÚBLICOS EXISTE UMA TOLERANCIA DESAVERGONHADA...

A JBS, OAS, ODEBRECHT ETC... SÃO BANDIDOS....os servidores envolvidos quase nada de notícias ou não são bandidos iguais..


O correto:
FISCAIS AGROPECUÁRIOS SUBORNAVAM A JBS PARA FAZER VISTA GROSSA AOS PRODUTOS CARNES DO FRIGORIFICO


Anônimo disse...

Só os políticos são corruptos...

Chico Valente disse...

A Senadora Kátia Abreu no tempo em que trabalhava como Presidente da Federação Nacional de Agricultura e Pecuária, antes de se bandear para o lado escuro da força, reclamou publicamente que os Ministérios do Trabalho e da Agricultura e até da Saúde tinham sido "aparelhados" pelo PT e muitos funcionários recebiam "coisas boas" para trabalhar em favor de um certo grupo econômico agindo no Brasil.
As fazendas, frigoríficos, curtumes e toda a cadeia produtiva afim eram assoladas pelo pente fino dos elementos sugeridos, à luz das leis e determinações legais especialmente produzidos para o objetivo de obter vantagens para o tal grupo, grande comprador (digo eu, conforme o discurso do Senador Álvaro Dias, com dinheiro do BNDES - nosso) das propriedades dos infelicitados.
A mesmo tempo, os mesmos elementos faziam vistas grossas à falcatruas, imoralidades, contaminações patológicas e outras ações maléficas do indigitado grupo.
Tal grupo é hoje o queridinho do Janot, o homem da régua curta, régua que não deve passar de 150 mm.

Anônimo disse...

O império da corrupção desmoronou, Joesley é zeroooooooo% de credibilidade, está delação tem de ser anulada e ele ir direto para prisão. É um absurdo um presidente da república estar sendo julgado por armação clandestina e fabricada por este crápula.

Anônimo disse...

Falsidade ideológica existe na maioria dos efetivos públicos,mediante remuneração.
Trujillo dizia:"Ninguém resiste a um canhonaço de um milhão de dólares".
Para um funcionário mal pago,com salário ridículo,se vende por um prato de lentilhas.

Anônimo disse...

O Ministério da Agricultura é um dos puteiros mais antigos do Brasil. Qualquer vira-lata pode ser ministro daquela estrovenga, em geral cada crápula que por
lá passou ficou pouquíssimo tempo como ministro e cascou fora com os bolsos cheios.

Anônimo disse...

Que novidade!!! Como se todo o mundo não soubesse como funciona o serviço público brasileiro. Percentual mínimo de pessoas honestas e probas nesta atividade.Triste, mas é a realidade.

Anônimo disse...

Há 10/12 anos atrás já falsificavam o carimbo de inspeção sanitária federal, lá no Mato Grosso!

Anônimo disse...

Janot e Fachin deram com sua abalisada conduta moral salvo conduto a este criminoso contra a saúde dos brasileiros. Só ele é bandido neste caso?



Anônimo disse...

ESSA É A CORRUPTA JBS .!!!