Relatório alternativo é aprovado por maioria ainda maior. CCJ opta por arquivar pedido de ação contra Temer.

O presidente Michel Temer acaba de obter nova vitória no âmbito da CCJ, já que por 41 x 24 votos, o relatório do deputado Abi Ackel, PSDB de Minas, acaba de ser aprovado.

O relatório manda arquivar o pedido de ação contra Temer.

MPF está com mensagens de Whatsapp entre Joesley e marqueteiro de Temer

Como forma de provar que o marqueteiro do presidente Michel Temer, o publicitário Elsinho Mouco, recebeu dele R$ 300 mil, Joesley Batista entregou aos procuradores do Ministério Público Federal mensagens de WhatsApp trocadas entre ambos.

Segundo o empresário, o pagamento foi feito a pedido do próprio Temer. E isto é dito nas conversas pelo aplicativo.

Vitória de Temer será ainda maior no plenário da Câmara

A vitória de Michel Temer contra Janot e o lulopetismo na CCJ da Câmara será ainda mais esmagadora no plenário da Câmara.

Esta foi uma semana de ranger de dentes para a oposição raivosa, desmoralizada e corrupta.

Temer derrota Janot e a turma do lulopetismo na CCJ

O governo deu uma impressionante demonstração de força na CCJ. Não houve traições. A decisão de hoje, somada à aprovação da reforma trabalhista, encorpam o governo.

Por 40 votos contra 25, a CCJ da Câmara rejeitou o pedido de abertura de ação contra o presidente Michel Temer.

O  lulopetismo e seus aliados estão sem voto e sem povo.

A sessão continuará para aprovação do relatório alternativo que fulmina a pretensão de Janot.

O caso irá agora para o plenário.

Setor de serviços apresenta queda no Brasil, mas RS tem crescimento

O setor de serviços fechou os primeiros cinco meses do ano com queda acumulada de 4,4%, frente a igual período do ano passado. O resultado acumulado dos últimos 12 meses representa queda maior, de 4,7%. Os dados foram divulgados no início da tarde pelo IBGE.

Quando analisados por Estado, os números apontam o Amazonas como destaque, com o setor crescendo 6,2% de abril para maio 6,2%. O Rio Grande do Sul (4,1%) e o Mato Grosso (3,2%) fecham a lista com as maiores variações positivas. Já as negativas se concentraram Roraima (5,3%); Rondônia (4,8%); e no Distrito Federal (4,6%).

Lula não escapará da cadeia quando passar por Porto Alegre

Balanço que o ´residente do TRF4, Thompsopn Flores, fez sobre as ações da Lava Jato que desembarcam nas mesas dos desembargadores da 8a. Câmara Criminal:

- 709 ações foram julgadas até agora.
- A média de decisões de recursos é de 10 meses.
- O caso de Lula poderá ser decidido até agosto.
- Se a sentença de Moro for confirmada, Lula ficará inelegível de imediato, mas poderá ou não ser preso de imediato, já que caberá recursos ao STJ e STF.
- No total, as ações examinadas pelo juiz Sérgio Moro somaram 390 anos, mas elas passaram para 480 anos depois que passaram pelo TRF4.

. É de se perguntar a Lula e aos seus áulicos ensandecidos, Mino Carta e Chicio Buarque incluídos, se o TRF4 também é tribunal da inquisição.

Como se sabe, Lula foi condenado por corrupção em função de provas irrefutáveis, conforme o leitor perceberá pela leitura da sentença no link a seguir.

E tem que ser trancafiado como réu condenado.

CLIQUE AQUI pra ler a sentença.

Procuradores do MPF querem que Geddel volte para a cadeia

Um dia após Geddel Vieira Lima sair do Presídio da Papuda, no Distrito Federal, o Ministério Público Federal pediu nova prisão preventiva contra o ex-ministro de Michel Temer. Para os procuradores Anselmo Lopes e Sara Moreira Leite, novas informações colhidas na investigação mostram que Geddel cometeu os crimes de exploração de prestígio e tentou bloquear as investigações.

Os procuradores se baseiam nos depoimentos do doleiro Lúcio Bolonha Funaro e de sua esposa, Raquel Pitta. Os dois detalharam os contatos feitos pelo ex-ministro. Segundo o MPF, Funaro disse, em depoimento, que Geddel "alegou exercer influência criminosa sobre o Poder Judiciário da União".

O operador financeiro disse à Polícia Federal que, após realizar sua audiência de custódia, Geddel mandou mensagem via WhatsApp reclamando da troca de advogado de Funaro e disse que, com a entrada da nova defensora, tinha "ficado ruim para o juiz". Ainda de acordo com o MPF, o "juiz" citado por Geddel "deve ser entendido como magistrado, ou seja, membro do Poder Judiciário."

Dólar fecha estável a R$ 3,208

Após quatro quedas seguidas, o dólar comercial fechou esta quinta-feira praticamente estável, com leve alta de 0,02%, cotado a R$ 3,208 na venda. 

Na véspera, o dólar havia caído 1,4%, a R$ 3,208, menor valor de fechamento desde 17 de maio (R$ 3,134).

Após trocas na CCJ, PP orienta voto contra denúncia

O PP, partido da base aliada do governo Michel Temer, decidiu orientar negativamente ao prosseguimento da denúncia contra o presidente Michel Temer na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), durante sessão de votação nesta quinta-feira. O partido tem seis membros titulares na comissão e realizou diversas trocas para garantir votos a favor do Palácio do Planalto.

Antes da votação, cada líder de bancada dará orientação de como os parlamentares do partido devem votar em relação ao pedido da Procuradoria-Geral da República. Foram dois dias de sessão de debates e 78 discursos no plenário da CCJ, que somaram mais de 18 horas de discussão. A maioria dos discursos foi de deputado defendendo a admissibilidade da denúncia.

Perondi e Zveiter voltam a bater boca na CCJ da Câmara

Os deputados Darcisio Perondi, vice-líder do governo, e Sérgio Zveit, relator do Caso Temer na CCJ, voltaram, a se estranhar esta tarde na Câmara.

O duelo descambou para os escombros da história humana.

Disse Perondi:

- A ousadia do relator servir à Procuradoria, dizer que em dúvida é pela sociedade, não para o réu. Vamos rasgar o Código Penal. Isso é apologia do nazismo, do fascismo. Mussolini fez mal. Hitler fez mal com essa política. Triste o comportamento do parlamentar.

O relator reagiu indignado:

- Jamais me curvarei a alguém quando a ofensa rogada contra mim for uma atrocidade racista alusiva à minha religião, ainda que dissimulada através de um jogo de palavras. Sou o único judeu no exercício de mandato.

Lasier conclui relatório que moraliza uso do cartão corporativo

Está pronto para ser votado na Comissão de Constituição e Justiça o relatório do senador Lasier Martins (PSD-RS) favorável ao projeto que reforça o rigor no uso de cartões corporativos pelo governo federal. O PLS 84/2016 fixa limites e faz divulgação online dos gastos. O texto também proíbe saques e acréscimos a valores comprovados de despesas. Atualmente inexiste restrição, dando margem a abusos. 

O senador mandou dizer ao editor que o uso dos cartões corporativos é abusivo, citando este dado:

- Entre 2003 e 2015 os pagamentos com cartões corporativos alcançaram R$ 615 milhões, 95% dos quais com despesas sigilosas.
            
Pela proposta, nome e matrícula do portador do cartão serão identificados na internet, bem como data e montante do gasto. O total das despesas no exercício será publicado, mensalmente, por unidade gestora. O projeto também limita o valor da compra de produtos e serviços por órgão a pouco mais de R$ 6 mil mês. 

O editor contará um pouco da sua vida esta noite, 21h30min, na TVU.

Estará tudo no canal 55 UHF, 11 da NET, tvuplay.tv.br ou facebook.com/21h30fv

O jornalista Felipe Vieira comanda o programa de entrevistas na TV U, a TV Urbana desde o dia 5 de setembro.

Hoje ele entrevistará o editor deste blog.

O comunicador comanda o programa ‘21h30 com Felipe Vieira’, que é veiculado de segunda a sexta-feira, com duração de uma hora.

Felipe Vieira também é apresentador na Rádio Guaíba.

Moove cria campanha de cards para inserção do Bier Markt nas redes sociais

Ao lado, o card preparado pela Moove para esta quinta-feira.

A agência Moove, Porto Alegre, criou uma série de cards para Facebook e Instagram para o cliente Bier Markt.

O objetivo da ação é divulgar as promoções da semana da cervejaria. 

Com uma direção de arte divertida, a campanha apresenta especialidades da casa, como burgers, caipirinhas, cervejas e chopes artesanais.

Ao todo são 6 peças diferentes, cada uma com a oferta específica do dia.

CLIQUE AQUI para conhecer todas as peças.

Beto Albuquerque repele fusão do PSB com o DEM

O ex-deputado federal gaúcho Beto Albuquerque, vice-presidente nacional do PSB, garantiu hoje que a legenda considera "absolutamente descabida" a ideia de fusão com o DEM. "Um cara que quer fazer fusão com o DEM é melhor sair do PSB", disse ele, referindo-se ao senador Fernando Bezerra (PSB-PE), que participa do debate. "Entra no DEM direto. Não precisa de fusão", aconselhou ao colega via imprensa.

Segundo Beto, não há a menor hipótese de a proposta de fusão ser aprovada pelo partido. "Reprovamos com veemência que vozes isoladas falem sobre isso. É um desrespeito com a história de 70 anos do PSB, que vamos comemorar em agosto. Seria mais honesto assumir que quer mudar para o DEM".

Artigo, Zuenir Ventura, O Globo - A utopia de Lula e do PT acabou

Para quem, como eu, acompanhou a trajetória de Lula desde o começo, votando nele quase sempre, é difícil escrever este artigo.

Mais pela emoção do que pela razão, não consigo comemorar sua condenação. Meu sentimento é de pena e decepção, não de júbilo, como deve ser o de milhões que o rejeitam.

Mas também me recuso a embarcar nessa onda paranoica de que o juiz Sérgio Moro veio ao mundo para perseguir o líder petista. Ao contrário, ele disse que tinha elementos para decretar a prisão, mas não o fez por se sentir “intimidado” pelos possíveis “traumas” que ela envolveria.

Conheci Lula em 1976, quando o Grupo Casa Grande, que promovia ousados debates ainda na vigência da censura, trouxe aquela novidade paulista ao Rio pela primeira vez para uma palestra.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Em entrevista coletiva, Lula coloca Moro no cenário do "golpe"

Em coletiva de imprensa concedida na Sede Nacional do PT, em São Paulo, no final desta manhã, o ex-presidente Lula criticou à sua maneira a sentença de condenação a nove anos e seis meses de prisão imposta pelo juiz Sérgio Moro.

Seguindo o ensinamento de Goebbels, o petista, mais uma vez, reafirmou sua inocência e a intenção de concorrer às eleições presidenciais de 2018:

“Não sei como alguém consegue escrever quase 300 páginas para não dizer nada de provas contra quem quer condenar”, afirmou, para depois cometer uma de suas sandices: “Aqueles que prepararam a mentira do golpe contra Dilma não iriam ficar de braços cruzados esperando essa gente voltar em 2018. Qual é a razão de derrubar um governo e dois anos depois deixar essas mesmas forças políticas disputarem as eleições novamente? O golpe não fecha”.

Ao fim, completou: “Eu acreditara que Moro não aceitaria a mentira do Power Point apresentada pelo Ministério Público. Quando foi aceito, entendi que era um jogo. Eles tornaram-se prisioneiros da mentira que criaram. Estão condenados a me condenar”.

Maia já está escolhendo seu sucessor na presidência da Câmara

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), articula nos bastidores para que o deputado Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), que hoje preside a Comissão de Constituição e Justiça, o substitua, caso Maia se torne presidente da República interinamente.

Alpargatas, fabricante das sandálias Havaianas, tem novo dono

As pessoas que decidiram boicotar os produtos da J&F depois que vazaram os áudios da conversa entre o presidente do grupo, Wesley Batista, e o presidente Michel Temer, já podem voltar a calçar as sandálias Havaianas.

Por R$ 3,5 bilhões, o grupo vendeu a Alpargatas – que também produz a marca de roupas Osklen – à família Moreira Salles, controladora do banco Itaú.

Bovespa em alta de 0,48%; dólar é vendido a R$ 3.208

A bolsa de valores brasileira sustenta uma firme alta nesta quinta-feira, apoiada na continuidade dos ganhos da Petrobras e em notícias corporativas que animaram os investidores.

O Ibovespa, principal índice acionário local, ganhava 0,48%, com 65.144 pontos, às 13h50.


No mesmo horário, o dólar tinha leve alta de 0,01% para R$ 3,2088.

Oi busca parceiros para franquias empresariais na Região Sul

A Oi está prospectando parceiros de negócios em 63 cidades brasileiras para a venda de serviços de telecomunicações com foco em pequenas e médias empresas. 

Na Região Sul, as oportunidades estão em 17 cidades, são elas: Caxias do Sul, Passo Fundo, Pelotas, Santa Maria e Santana do Livramento (RS); Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Joinville, Lages, São José e Tubarão (SC); Curitiba, Foz do Iguaçu, Pato Branco e Ponta Grossa (PR). 

Com um dos melhores retornos de investimento do mercado e uma marca entre as mais importantes do país, presente em todo território nacional, a Oi oferece um modelo diferenciado de negócios.

Os interessados devem entrar em contato pelo e-mail: ld-franquias@oi.net.br

Transparência Internacional sobre Lula: "Não há impunidade, mesmo para poderosos"

O presidente da Transparência Internacional, José Ugaz, afirmou, nesta quarta-feira, que a condenação do ex-presidente Lula a 9 anos e 6 meses de prisão proferida pelo juiz federal Sérgio Moro é 'é um sinal significativo de que o estado de direito está trabalhando no Brasil e que não há impunidade, mesmo para os poderosos'. A entidade diz ver 'ataques de todos os lados' às investigações e exige 'garantias' de que a Lava Jato siga em frente sem 'interferências de partidos políticos'.

"A condenação do ex-presidente Lula é um sinal significativo de que o estado de direito está trabalhando no Brasil e que não há impunidade, mesmo para os poderosos", afirmou Urgaz.

O presidente da entidade ainda afirma que o 'escândalo da Lava Jato atingiu políticos de todos os partidos e os mais poderosos empresários brasileiros' e que 'não é surpreendente' o fato de que 'os juízes e investigadores estejam sendo atacados de todos os lados'.

"Esta é a prova de que a corrupção não distingue entre ideologias ou partidos políticos. A Transparência Internacional exige garantias de que as investigações possam prosseguir e que todos os processos judiciais permaneçam independentes e livres de interferências de qualquer partido político", afirmou o presidente da Transparência Internacional.

Hidrover investe R$ 45 mi em nova planta

As áreas administrativa, financeira e comercial da caxiense Hidrover, já estão funcionando em sua nova sede, construída em uma área de 18 hectares em Flores da Cunha. A expectativa da empresa é que toda a produção, hoje concentrada em Caxias do Sul e em Rio do Sul (SC), seja transferida para o município até o fim do semestre.

O investimento ultrapassa os R$ 45 milhões.

A Hidrover fabrica cilindros hidráulicos para máquinas agrícolas e caminhões, atuando também com sistemas hidráulicos.

Artigo, José Nêumanne, Estadão - Um herói sem caráter nenhum

Líder sindical que vendia greves, informante da ditadura que combatia e político paparicado.

Quando alguém pede um autógrafo num exemplar de meu livro O que Sei de Lula (Topbooks, Rio de Janeiro, 2011), minha definição favorita para o protagonista que perfilei em suas 522 páginas é “Macunaíma de palanques e palácios”. É necessária, contudo, uma pequena inversão na frase com que Mário de Andrade definiu magistralmente seu personagem-símbolo da brasilidade, “um herói sem nenhum caráter”. Lula talvez mereça uma definição com uma troca de lugar do pronome indefinido na frase: “um herói sem caráter nenhum”.

Conheci-o em 1975, quando acompanhei sua ascensão à condição de maior dirigente sindical da História ao preparar, negociar e dirigir as greves que ajudaram a extinguir a longa noite da ditadura tecnocrático-militar. Quase meio século depois, contudo, o empreiteiro Norberto Odebrecht, herdeiro e herdado da construtora encalacrada na corrupção da Lava Jato, contou que lhe pagou propinas para evitar greves. Ou seja, o maior líder operário teria sido também o maior “traíra” da história do movimento obreiro, tendo chegado ao ponto de tirar proveito pessoal de sua condição de condutor de massas.

CLIQUE aqui para ler todo texto.

Será conhecida amanhã empresa que construirá presídio em Alegrete

O governador José Ivo Sartori abrirá, amanhã, os envelopes com as propostas das empresas interessadas em construir um presídio no município de Alegrete, na Fronteira Oeste. A obra, orçada em R$ 16 milhões, terá 286 vagas. Será vencedora a empresa que oferecer maior desconto no projeto.

A construção será feita numa área de dez hectares próxima a um posto da Polícia Rodoviária Federal.

Aberta ontem, FBV traz muitas novidades ao setor do varejo do RS

Prossegue até amanhã, no Centro de Eventos do BarraShopping Sul, a Feira Brasileira do Varejo, promovida pelo Sindilojas Porto Alegre. São duas centenas de expositores.

Quem atua no setor não pode deixar de visitá-la.

Delegada Marta Rocha e filho de Bolsonaro encabeçam lista carioca para o Senado.

Se os leitores gaúchos deste blog consideram que muitos candidatos não deveriam integrar sequer a lista de zeladores a contratar, é porque não examinaram os nomes que estão na disputa carioca pelas duas cadeiras ao Senado..

Eis como o Instituto Paraná Pesquisas encontrou o índice de intenções de votos para cada um deles:

Não sabe
8,7%
Nenhum
14,8%
Delegada Martha Rocha
26,7%
Carlos  Bolsonaro
23,3%
Alessandro Molon
15,5%
Bernardinho
15,5%
Cesar Maia
13,0%
Chico Alencar
10,0%
Leonardo Picciani
7,2%
Washington Quaquá
4,3%
Eduardo Lopes
3,5%

Manifestantes comemoram no Parcão a condenação de Lula

O editor acompanhou com buzinaços a manifestação de ontem a noite no Parcão, com direito a faixa "Lula na Cadeia".

Ninguém defendeu o condenado por corrupção nas ruas de Porto Alegre.

A noite de manifestações no Parcão contou com a participação da Banda Loca Liberal.

video

Van Hatten quer o fim da Justiça do Trabalho

O deputado Marcel Van Hatten, PP do RS,quer que o Congresso acabe com a Justiçado Trabalho.

As 15h, Temer promulgará a reforma trabalhista

A lei que muda a legislação trabalhista, aprovada na terça-feira pelo Senado, será sancionada pelo presidente Michel Temer as 15h.

A solenidae foi agendada para o Palácio do Planalto.

Acompanhe a sessão de hoje da CCJ sobre o Caso Temer.

Na imagem abaixo, acompanhe a sessão de hoje da CCJ que examina a admissibilidade da ação proposta pela PGR contra o presidente Michel Temer. São os debates finais. A votação poderá sair ainda hoje.

Ave, Sérgio Moro !

Veja já está nas ruas com edição especial sobre o líder petista condenado por corrupção

A revista Veja já está nas bancas com edição especial sobre a condenação de Lula.

A revista revelou durante meses a fio, as malfeitorias da organização criminosa que ensejou os crimes do Mensalão e da Lava Jato, surpreendendo os brasileiros com reportagens investigativas inéditas, revelações exclusivas e surpreendentes, opiniões corajosas, pagando caro pela decisão editorial que tomou, inclusive com ataques criminosos contra sua sede em São Paulo.

Nos últimos meses, Veja mudou bastante seu conteúdo editorial, o que resultou em restrições por parte de boa parte dos leitores deste blog.

Mas não tem como negar que sem Veja, a Lava Jato não seria o que é, porque ela foi decididamente vital para o expurgo de Dilma Roussef e milhares de lulopetistas e sindicalistas que se aboletaram sobre os cofres públicos e chegaram ao ponto de privatizar a Petrobrás para si mesmos.

Esta edição de hoje é histórica.

Artigo, Dora Kramer, Veja - A prosa enganosa do PT

Estas patéticas senadoras do PT vão reaglutinar o PT ?

A condenação de Luiz Inácio da Silva no primeiro dos vários processos em que figura como réu evidencia o erro de cálculo contido em versões muito em voga, segundo as quais o maior e único beneficiário da derrocada de Michel Temer e companhia seria o PT. Trata-se de uma tese fadada ao desmonte frente à luz da realidade. Palocci está preso, Vaccari está preso, Lula pode ser preso, José Dirceu está em prisão domiciliar. Os petistas condenad0s no processo do mensalão perderam as cordas vocais. Quem são hoje José Genoíno, João Paulo Cunha _ apenas para citar os mais destacados _, não obstante estejam soltos? 

Vão reaglutinar quais forças, com que força? Fora eles, sobram os que articularam a patética ação das senadoras na votação da reforma trabalhista, um perfeito tiro no pé.

A Abril acaba com acesso grátis aos sites de Veja, Exame e Quatro Rodas

O jornalista Geraldo Samor, publischer da newsletter diária e do site Brazil Journal, informa hoje que sem alarde, nos últimos dois meses, a maior editora de revistas do Brasil cortou o almoço grátis e passou a exigir que os leitores paguem pelo conteúdo disponível nos sites de quatro de suas principais publicações.

Leia tudo:

A iniciativa começou na Quatro Rodas e na Superinteressante entre o fim de maio e começo de junho, e passou a ser adotada nas últimas semanas por Exame e VEJA.com – as duas joias da casa, que somam 16,1 milhões e 17,7 milhões de visitantes únicos por mês, respectivamente.


Agora, 'na faixa', só mesmo o aperitivo: os leitores têm direito a 15 matérias gratuitas por mês – número que deve ser, em breve, reduzido para 10. Para acessar mais conteúdo, precisam pagar uma assinatura: que varia de R$ 10,90 (Superinteressante), VEJA (R$ 19,90) a R$ 29,90 na Exame, com preços promocionais para os três primeiros meses.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

El País espinafra Lula e o Brasil

O editor recomenda a leitura desta reportagem de hoje do jornal  El Pais, Montevidéu. Vale a pena também examinar os comentários, onde leitores fazem a conexão da condenação de Lula com a roubalheira do ex-presidente José Mujica e asseclas da Frente Ampla, apadrinhados de Lula,
referindo-se ao caso da OAS.

Diz o jornal sobre a condenação de Lula:

- Esta es la primera vez que un expresidente de Brasil es condenado por corrupción en el país.

Os leitores aproveitaram para desmoralizar o Brasil:

- Pobre brasil, de potencia regional con aspiraciones a integrar el club de potencias mundiales a scola de samba y carnaval de la que se rie todo el mundo..

CLIQUE AQUI para ler tudo.

JBS subornava fiscais para fazerem “vista grossa” aos produtos do frigorífico

A JBS pagou propina durante vários anos a cerca de 200 fiscais do Ministério da Agricultura. A “mesada” era de R$ 20 mil por servidor e tinha por objetivo fazer os fiscais federais agropecuários flexibilizarem a aplicação das regras sanitárias.

As informações constam de anexo à delação premiada feita pelo presidente da JBS, Wesley Batista, ao Ministério Público Federal. A lista com os nomes dos servidores envolvidos será enviada ao MPF em até 60 dias, segundo compromisso firmado pelo empresário durante o processo de delação.

Câmara aprova nova configuração da administração superior de Porto Alegre

A Câmara Municipal  aprovou, na noite desta quarta-feira, um projeto de lei complementar que reestrutura a administração municipal de Porto Alegre. Foram 27 votos favoráveis e seis contrários. 
No total, foram feitas 19 propostas de alterações no texto do projeto, entre emendas, subemendas e mensagem retificativa. Foram aprovadas apenas três.

A proposta aprovada:

-Extinção de secretarias e órgãos, como o Departamento de Esgotos Pluviais (DEP) e o Gabinete de Desenvolvimento e Assuntos Especiais (Gades). 
- O projeto transfere e vincula a Controladoria-Geral do Município (CGM) à Secretaria Municipal da Transparência e Controladoria (SMTC) e cria a Contadoria-Geral do Município. Os atuais Centros Administrativos Regionais (CARs) serão transformados em Centros de Relações Institucionais Participativos (Crips), subordinados à Secretaria Municipal de Relações Institucionais (SMRI) 

 A maior polêmica durante a votação foi sobre a Secretaria Municipal de Esportes, Recreação e Lazer (SME), extinta pelo projeto. Por meio de uma mensagem retificativa do prefeito Nelson Marchezan, o termo "esporte" foi colocado no nome da secretaria de Desenvolvimento Social, responsável pela área.

CLIQUE AQUI para saber como ficou a administração superior de Porto Alegre.

STJ fulmina de novo tentativa para libertar o líder petista Palocci

Palocci foi outro líder supremo do PT que passou por um dia de cão nesta quarta-feira.

A presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministra Laurita Vaz, rejeitou nesta quarta-feira pedido de liberdade ao ex-ministro Antonio Palocci, preso desde setembro do ano passado na Operação Lava Jato.

Palocci foi ministro da Fazenda de Lula e chefe da Casa Civil de Dilma.


Na decisão, a ministra manteve a decisão do juiz federal Sérgio Moro, que determinou o cumprimento imediato da pena de Palocci em regime fechado. No mês passado, o ex-ministro foi condenado a 12 anos de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Futuro político de Lula está nas mãos de três desembargadores

O ex-presidente Lula será julgado pelos desembargadores Victor Luiz Laus (à esquerda, na foto), Leonardo Paulsen (ao centro) e João Pedro Gebran (à direita), que acataram mais de 96% das decisões do juiz Sérgio Moro no âmbito da Operação Lava Jato. De um total de 432 recursos e habeas corpus, 17 foram aceitos pelos desembargadores.

Há uma expectativa de que a 2ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre, julgue o caso antes das eleições de 2018. Uma condenação nessa esfera do Poder Judiciário enquadra Lula na Lei da Ficha Limpa, deixando o ex-presidente inelegível.

TRF4 diz que 90% das sentenças de Moro são mantidas em Porto Alegre

Veja teve posição premonitória no caso de Lula.

O presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), desembargador Carlos Thompson Flores (foto ao lado), disse esta manhã na Rádio Guaíba, Porto Alegre:

1)  A defesa do petista – e o Ministério Público Federal, querendo aumentar a pena – irão recorrer e o processo terá uma sentença definitiva.

2) Todas as etapas devem estar superadas em um ano. Ele acredita que até agosto do ano que vem estes processos já estejam pautados para julgamento.”

3) A futura decisão do colegiado de três desembargadores do TRF4, que tem sede em Porto Alegre, será definitiva, mesmo que ainda haja a possibilidade de o caso vir a ser analisado no Supremo Tribunal Federal e o Superior Tribunal de Justiça. A decisão do TRF4 é final. O STJ e o STF irão examinar questão de direito, como se teria havido violação ao direito da defesa. Mas eles não vão reexaminar prova de novo, se o que a testemunha declarou estava ou não correto

Durante todo o período da Lava Jato, o TRF4 examinou 701 processos relacionados à operação. A maioria era pedido de habeas corpus. 90% das sentenças proferidas juiz Sérgio Moro tem sido mantidas.

Marcel Van Hatten, 31 anos, confirma candidatura a deputado federal pelo PP.

O deputado estadual Marcel Van Hatten, PP do RS, 35.345 votos na última eleição, confirmou esta manhã que disputará uma cadeira na Câmara dos Deputados.

Marcel tem 31 anos, é graduado em, Relações Internacionais pela Ufrgs, onde também fez pós (Política e Economia), além de mestrado em Ciência Política na Universidade de Aarhus (Dinamarca) e Jornalismo, na Universidade de Amsterdam (Holanda)

A eleição do ano que vem será a sua quarta disputa eleitoral (três para a Assembléia e uma para a Câmara).

O editor convidou o deputado para um café da manhã, hoje, no Raddison.

Prossegue o “veranico” de julho nesta quinta-feira

Porto Alegre,. 8h59min, 16 graus

Por conta de uma massa de ar quente que há vários dias está sobre o Rio Grande do Sul, o sol aparece entre nuvens, com temperatura máxima batendo na casa dos 28 graus – tendo feito 16º durante a madrugada –, nesta quinta-feira, em Porto Alegre.

Não há perspectiva de chuva.