Dólar sobe de novo e fecha a R$ 3,57

O dólar voltou a subir e fechou hoje a R$ 3,57.

Fatores externos influem novamente na cotação, desta vez o aguçamento da crise EUA x Irã.

STF prorroga inquérito das propinas do Trensurb. Padilha e Marco Maia são investigados.

A ministra Rosa Weber, STF, prorrogou por mais 60 dias inquérito sobre Eliseu Padilha, os petistas Marco Maia e Paulo Bernardo e dois ex-presidentes da Trensurb, a empresa que gere o metrô de Porto Alegre.

A investigação é referente a suposto pagamento de propina pela Odebrecht, e o pedido para estendê-la, feito pela PF, teve parecer favorável da PGR.

Os delatores da Odebrecht dizem que a distribuição das propinas ficou assim:

Eliseu Padilha teria recebido 1% de um contrato de R$ 324 milhões para a extensão do metrô entre São Leopoldo e Novo Hamburgo. 
- Marco Maia, que presidiu a Trensurb, teria obtido 0,55%.
- Paulo Bernardo, marido da senadora Gleisi Hoffmann, teria ganho 1% para incluir a obra no PAC. 

Os acusados negam tudo.

TSE garante mandato de Ary Vannazi

O TSE acaba de rejeitar recurso das oposições e garantiu o registro, eleição e posse do prefeito de São Leopoldo, Ary Vannazi.

Ainda há recurso para o STF, mas ninguém acredita que será aceito.

Publicidade - Chopes e cervejas artesanais como você nunca experimentou em Porto Alegre. 1o lugar em Veja.

São mais de cem rótulos de diversos Países. 

Também petiscos inspirados na gastronomia alemã. 

Mais de 100 rótulos de várias partes do mundo. Na categoria, 1o lugar seguidas vezes em Veja. 

Segurança completa.
Bom estacionamento de rua.
Ar condicionado perfeito.
Também cozinha.

Biermarkt Von Fass
Rua Barão de Santo Ângelo, 497
Moinhos de Vento
Porto Alegre, RS

Localização, dicas, serviços: 

TRF4, Porto Alegre, julga recursos de terroristas do Estado Islâmico

Ao lado, El Kadre, ao depor no julgamento.

O julgamento da apelação criminal dos réus condenados na Operação Hashtag, iniciado no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) no dia 24 de abril e suspenso para re-análise do relator, desembargador federal Márcio Rocha, foi retomado na tarde de hoje e teve pedido de vista da desembargadora Cláudia Cristofani. Os réus tiveram sentença proferida em maio do ano passado pela 14ª Vara Federal de Curitiba e recorreram, negando a autoria dos crimes e sustentando que a condenação teria se baseado em indícios e suposições. Essa é a primeira vez que o TRF4 julga um caso com base na Lei Antiterrorismo (Lei 13.260/16).

Os apelantes foram condenados por promover, entre março e julho de 2016, ano em que ocorreram as Olimpíadas no Brasil, a organização terrorista Estado Islâmico do Iraque e do Levante (EILL) ou Estado Islâmico do Iraque e da Síria .

Em primeiro grau, a maior pena foi decretada contra o líder do grupo, Leonid El Kadre de Melo, à pena de 15 anos, 10 meses e 5 dias de reclusão.

Opinião do editor - Em quem votar para deputado federal ?

Leitores desalentados reclamam de falta de candidatos críveis em quem votar.

E alegam que eles não existem.

Não é verdade.

O editor pode elencar dezenas deles no RS.

O deputado Osmar Terra, ex-ministro do Desenvolvimento Social, é um deles. 

Não é o candidato do editor, que já fez sua opção, mas é nome que merece o voto do editor. 

Entrevista, Osmar Terra, deputado Federal do RS - R$ 20 bilhões foram de auxílio doença foram pagos fraudulentamente

ENTREVISTA
Osmar Terra, deputado Federal, ex-ministro do Desenvolvimento Social

 Logo após assumir o cargo de ministro do Desenvolvimento Social, em maio de 2016, o senhor determinou que os médicos-auditores do INSS fizessem um pente-fino no auxílio-doença, que estava há muitos anos sem revisão. O que foi constatado ?
2 milhões de segurados (85% ) recebiam  sem precisar. Foi isto que apuramos. Estas pessoas haviam pedido o benefício, recuperado a saúde e recebiam indevidamente.
      
É dinheiro do povo que foi desviado. Quanto foi ?
Em 2017, foram R$ 6 bilhões, valor que acabou economizado, claro, tudo por tirarmos da lista quem tinha condições de voltar a trabalhar. 

No total, o que dá isto ?
R$ 20 bilhões até o final de 2018 no auxílio-doença e aposentadoria por invalidez. Este valor equivale a duas Eletrobrás !

Como, duas Eletrobrás ?
Quando fechamos as contas, percebemos que estávamos dando uma economia de quase duas Eletrobras para a nação. A área de auxílio-doença estava totalmente fora de controle e isto era inaceitável. O pente-fino ajudou a sanear as contas do Brasil.

O PSB só não irá atrás de Joaquim Barbosa se for doidão.

Governo Sartori paga salários para quem ganha até R$ 6 mil líquidos

O governo estadual gaúcho acaba de anunciar que depositou os salários para os servidores do Executivo qe percebem até R$ 6 mil líquidos ao mês.

Com mais este pagamento, 87% da Folha foi quitada.

Governo Temer salvou a Petrobrás, que apurou lucro de R$ 7 bi no primeiro trimestre

Nesta terça-feira, a Petrobras apresentou lucro de R$ 6,96 bilhões neste primeiro trimestre de 2013.

Na foto, Michel Temer e Parente. Parente foi escolha pessoal de Temer para salvar a Petrobrás da corrupção lulopetista.

O governo Temer salvou a Petrobrás, saqueada por diretores e empregados inescrupulosos, aliados a políticos lulopetistas de maus bofes e empresários canalhadas.

O presidente da Petrobras, Pedro Parente, escolhido a dedo por Temer, defende que o lucro de R$ 6,96 bilhões é resultado do processo de recuperação da empresa iniciado depois da Lava Jato:

- Essa é uma empresa totalmente diferente daquela que existia quando a Lava Jato começou.

E é assim, mas é intolerável que a Petrobrás não promova limpeza interna do pessoal que diariamente a Lava Jato expõe como ladrões, como acontece, hoje, na Operação Dejà vú.

Governador comunista Flávio Dino descarta apoio à candidata comunista Manuela D'Ávila

O governador Flávio Dino, o único governador comunista, rifou a candidata comunista Manuela D'Ávila.

Nem os comunistas querem saber de Manu.

O governador, pragmático, pede que PCdoB e PT apoiem a candidatura de Ciro Gomes.

Mesmo que não rife Manuela no caso de Ciro, Flávio Dino definitivamente cristianiza sua companheira em favor de Lula, como é possível perceber pela leitura do post ao lado.

O PCdoB não se manifestou publicamente sobre o caso.

O PCdoB é pragmático.

Muito.

Trump sai do acordo nuclear com o Irã e anuncia endurecimento com os aiatolás

O presidente Donald Trump acaba de anunciar que rompeu o acordo nuclear que Obama firmou com o Irã.

Trump promete endurecer com os aiatolás.

Sem Joaquim Barbosa, Beto Albuquerque poderia ser o vice do PSB na chapa da Rede (Marina Silva)

O PSB do RS enxerga na desistência de Joaquim Barbosa a oportunidade para evitar duas candidaturas próprias ao Senado (Beto Albuquerque e José Fortunati), o que inviabilizaria qualquer coligação de importância.

A ideia é passar um socialista para vice de Marina Silva, que poderia ser Beto Albuquerque.

Grupos minoritários do PSB insistem com Zanetti para o Piratini

Grupos minoritários e irrefletidos do PSB do RS insistem com candidatura puro sangue, ou seja, candidatos socialistas para governador, vice-governador e duas vagas ao Senado.

O candidato ao governo seria o ex-deputado Hermes Zanetti.

FGV: Sem Barbosa, corrida eleitoral fica mais previsível

A desistência do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa da corrida presidencial deste ano torna o cenário eleitoral um pouco mais previsível, uma vez que é pouco provável que novos nomes com potencial de encarnar o "novo" na política surjam até julho. A avaliação é do cientista político da Fundação Getulio Vargas (FGV) Claudio Couto, em entrevista ao Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado.

"Sempre pode aparecer um novo Sílvio Santos, alguém que já esteja filiado a algum partido, mas não vejo hoje nome mais ou menos óbvio para esse papel. O único nome que sobrava além do (apresentador de TV Luciano) Huck era o de Barbosa", disse o professor, lembrando que o dono do SBT chegou a cogitar, brevemente, se lançar candidato nas eleições de 1989. "Sem Barbosa, a eleição agora tende a caminhar num sentido mais tradicional", emendou.

Para o cientista político, todas as candidaturas postas no momento ganham, de certa forma, com a saída de Barbosa do pleito de outubro, uma vez que ele tinha grande potencial de crescimento e atraía eleitores dos dois lados do espectro político. No entanto, as mais favorecidas, teoricamente, seriam as do deputado Jair Bolsonaro (PSL-RJ), que dividia com o jurista o posto de candidatura "antissistema", e também nomes da centro-esquerda, ao qual Barbosa é mais identificado, como Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede).

União renunciou R$ 1 para cada R$ 5 arrecadados em 2017

A União renunciou R$ 1 para cada R$ 5 arrecadados em 2017. Espécie de "lado B" do orçamento federal por representarem aquilo que o governo deixou de arrecadar por conta de incentivos fiscais, os gastos tributários somaram R$ 270,4 bilhões no ano passado. A perda de receita do governo correspondeu a 4,1% do Produto Interno Bruto (PIB).

As restrições do Orçamento por conta do teto de gastos - o limitador do crescimento do gasto - vão aumentar a pressão para que o ajuste fiscal passe pela revisão desses benefícios, que até agora se mantiveram preservados e fora do alcance do ajuste fiscal do governo. 

Pelas projeções da Instituição Fiscal Independente (IFI) do Senado, o cumprimento do teto corre sério risco em 2019, o que exigirá medidas alternativas.

Exportação de veículos aumenta 19,5% em abril

As montadoras aumentaram em 19,5% as exportações de veículos no mês passado, na comparação com abril de 2017, segundo levantamento divulgado nesta segunda-feira, pela Anfavea.

No total, 73,2 mil unidades - entre carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus - foram embarcados pela indústria de veículos, que tem na Argentina seu principal destino no exterior.

O volume representa um crescimento de 8,4% em relação ao volume exportado em março e leva para 253,4 mil veículos o total vendido a mercados internacionais entre janeiro e abril, uma alta de 7,5%.

Argentina recorre ao FMI para equilibrar contas

O governo da Argentina voltará a recorrer ao Fundo Monetário Internacional (FMI), em busca de apoio externo, para equilibrar a situação financeira do país, depois da disparada do dólar na semana passada. O anúncio foi feito pelo presidente argentino, Mauricio Macri (foto), há mais de dois anos no cargo.

A Argentina tinha deixado de pedir empréstimos ao FMI há mais de dez anos, desde que pagou a dívida com a instituição financeira e renegociou com a maior parte dos credores. Macri fez o anúncio no momento em que os argentinos ainda buscam compreender as últimas medidas econômicas adotadas para frear a disparada do dólar. As ações não foram suficientes para dissipar a preocupação com a capacidade do governo de conter a inflação e evitar outra desvalorização do peso.

A moeda norte-americana chegou a 23,40 pesos nesta terça-feira.

Flávio Rocha (PRB) diz que pode herdar votos de Barbosa

Pré-candidato do PRB à Presidência da República, o empresário Flávio Rochaa disse ao Broadcast (serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado)que pode herdar votos que iriam para o ex-ministro Joaquim Barbosa (PSB).

O ex-presidente do Supremo Tribunal Federal desistiu nesta terça-feira, de disputar o Palácio do Planalto.

"Os votos que iriam para ele são de eleitores que demandam mudança e renovação. Nosso projeto pode ser o escoadouro desses votos", disse Rocha.

Editor recebe diretores do Grupo Hospitalar Conceição

O encontro do editor com seus convidados desta segunda-feira reuniu os diretores Técnico e Administrativo do Grupo Hospitalar Conceição, Mauro Sparta e José Ricardo Agliardi.

Da esquerda para a direita, na foto, Mauro Saprta, o editor, o publicitário Valdir Loeff, o jornalista Ocimar Carvalho Pereira, Bebeto Ias, os advogados Bruno Dornelles e Pio Cervo, Agliardi e o publisher Gerson Galvão Filho.

O editor costuma receber convidados para conversar sobre seus empreendimentos e também discutir as eleições no RS e no Brasil.

O próximo convidado será o vice-prefeito de Porto Alegre, Gustavo Paim.

Joaquim Barbosa anuncia desistência da candidatura ao Planalto

O ex-presidente do STF Joaquim Barbosa acaba de anunciar que não disputará a presidência da República.

Ele se filiou ao PSB com este objetivo, mas os socialistas revelaram rachas imprevistos.

Joaquim Barbosa apresentou excelente posição nas últimas pesquisas de intenções de votos.

Estes são os deputados federais gaúchos que serão julgados no RS

O jornal Zero Hora lista os nomes dos sete deputados federais gaúchos que terão ações penais devolvidas pelo STF aos juízes singulares do RS:

Alceu Moreira, José Stédile, Paulo Pimenta, Yeda Crusius, Marco Maia, Maria do Rosário e Onyx Lorenzoni.

Os processos envolvendo o deputado José Otávio Germano permanecerão no STF.

CLIQUE AQUI para saber o que diz cada caso. A reportagem é completa, consistente e muito bem apurada pelo jornal Zero Hora.

Produção, vendas e exportações de veículos cresceram em abril.

A produção total de veículos, excluindo máquinas agrícolas, somou 271,2 mil unidades em abril, segundo dados divulgados ontem pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Trata-se de um volume 40,4% maior do que o registrado em abril de 2017. Na série livre de efeitos sazonais, a produção cresceu pelo segundo mês consecutivo, apresentando alta de 9,1% ante o mês anterior, resultado que refletiu os avanços na margem apresentados por todos os segmentos, exceto de ônibus, cuja queda de 2,1% deve ser lida como mera acomodação, após a elevação de 11% na leitura anterior.

Exportações - No mesmo sentido, as exportações totais avançaram 12,3% na margem, mais do que devolvendo a queda acumulada de 10% nos dois meses anteriores.

Mercado interno - As vendas ao mercado interno, por sua vez, aumentaram 1,2% entre março e abril, quarta alta consecutiva. 

Os  dados acima são compatíveis com a expectativa de melhora, ainda que gradual, da produção industrial.

Juíza federal proibirá visita de Gilmar Mendes a Lula

A jornalista Mônica Bérgamo, Folha, diz na edição de hoje do jornal que a juíza federal Carolina Lebbos vai proibir a visita do ministro Gilmar Mendes ao réu condenado e preso por corrupção Lula da Silva.

Mendes estaria colhendo depoimentos para um livro sobre os constituintes de 88.

Brasileiro não acha que as coisas melhoraram ou pioraram com a prisão de Lula

A prisão de Lula não é vista pela população como elemento capaz de ter melhorado a vida brasileira, segundo pesquisa divulgada há pouco pelo Instituto Paraná Pesquisas.

Acompanhe:

Melhorou (a vida brasileira), 9%
Piorou, 22,3%
Ficou igual, 66%
Não sabe, 2,6%

Prisão de Lula não assustou suficientemente os políticos, diz pesquisa do Paraná Pesquisas

Os brasileiros acham que a prisão de Lula serviu bastante para assustar os políticos que costumam se envolver em casos de corrupção, mas não o suficiente.

É o que demonstra o Instituto Paraná Pesquisas.

Leia:

- Terão mais cuidado, 40,5%
- Continuarão igual, 38,6%

Compreenda a história de orgulho e vergonha da Petrobrás

O editor volta a recomendar este livro de 352 páginas da jornalista Roberta Paduan.

Ele expõe as vísceras da estatal e o tamanho da metástase de corrupção que envolveu seus principais diretores, gerentes e até boa parte de seus empregados, como se percebe por esta 51a. fase da Lava Jato, desencadeada hoje (leia a seguir).

O editor leu tudo, releu, e recomenda vivamente.

Como recomenda, também, a série "O mecanismo" e o filme "Polícia Federal; a Lei é para Todos", ambos em exibição na telinha paga.

Lava Jato está de novo nas ruas do Rio, ES e SP. É outro caso de propinas envolvendo empregados da Petrobrás.

A Operação Dejà Vu apura crimes de corrupção e lavagem de dinheiro em contrato de US$ 825 milhões para prestação de serviços de segurança, meio ambiente e saúde na área Internacional da Petrobras, celebrado com a Odebrecht. Foram movimentados R$ 200 milhões em propinas, fruto de contrato ilícito de R$ 3 bilhões obtidos pela Odebrecht.

Pelo menos 80 policiais federais estão nas ruas do  Rio de Janeiro, Espirito Santo e São Paulo  desde o início da manhã desta terça-feira para cumprir mandados judiciais referentes à 51ª fase da Lava-Jato, batizada Operação Dejà Vu.

São 17 mandados de busca e apreensão, quatro de prisão preventiva e dois de prisão temporária,  contra três ex-funcionários da Petrobras e três operadores financeiros, mas o caso envolve também fornecedores da estatal.

Vai todo mundo para a PF de Curitiba.

Operação Zelotes pega Luiz Trabuco e a direção do Bradesco

A Operação Zelotes não acabou.

No pedido ao STJ para reabertura da ação penal contra Luiz Carlos Trabuco, ex-presidente do Bradesco, o MPF alega que as negociações para interferir no Carf teriam sido feitas por membros da diretoria do banco, “com conhecimento, anuência e participação” do investigado.

Escreve o MPF:

- Os diálogos entre os integrantes da organização criminosa transcritos na denúncia revelam que o presidente do Bradesco tinha pleno conhecimento do fato.

Os diretores Luiz Carlos Angelotti e Domingos Abreu teriam negociado com o grupo do auditor da Receita Eduardo Cerqueira Leite a manipulação do julgamento no Carf de um recurso administrativo que envolvia crédito tributário de R$ 3 bilhões.

Percepção sobre emprego (Indicador Antecedente) caiu muito em abril

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) recuou 4,1 pontos na passagem de março para abril, atingindo 103,6 pontos, segundo dados divulgados há pouco pela FGV.

Trata-se da segunda queda consecutiva, após uma sequência de 6 altas. 

A média móvel trimestral cedeu 1,2 ponto, sugerindo desaceleração no ritmo de recuperação futura do emprego, reflexo da redução do otimismo, capturada nas últimas sondagens de confiança. Já o Indicador Coincidente de Desemprego (ICD) recuou 2,0 pontos, para 94,2 pontos, mostrando uma melhora na percepção atual em relação às condições de emprego.

Inflação do IGP-DI quase dobrou em abril, diz FGV

O IGP-DI de abril variou 0,93%, ante a alta de 0,56% no mês anterior, conforme divulgado há pouco pela FGV. Esse resultado veio acima do esperado pelo mercado (0,61%). Acumulado em doze meses, o índice registrou elevação de 2,97%. 

A aceleração na margem foi explicada pela reversão da deflação dos preços industriais, enquanto os preços dos produtos agrícolas desaceleraram. Após ligeiro recuo de 0,1% em março, o IPA Industrial apresentou alta de 0,96% em abril, refletindo a menor deflação do minério de ferro e a maior pressão dos preços de combustíveis. O IPA Agropecuário, por outro lado, apresentou variação de 2,2%, desacelerando em relação a abril, quando o indicador subiu 3,4%. Por sua vez, o IPC acelerou de 0,17% para 0,34%, enquanto o INCC passou de uma altade 0,24% para outra de 0,29%. 

Sindicatos já perderam 80% das receitas com o fim do imposto sindical

O imposto sindical deixou de irrigar os sindicatos e federações aparelhados pelos Partidos, sobretudo PT (CUT) e Força Sindical (SDD). Vai acabar o sindicalismo de pelegos e a distribuição de sanduíches de mortadela.

No primeiro trimestre, as entidades sindicais perderam 80% de suas receitas e arrecadaram R$ 34,6 milhões. Em igual período de 2017, segundo dados do Ministério do Trabalho, os sindicatos haviam recebido R$ 170 milhões. 

De acordo com o Dieese, a queda se dá pela “reforma” trabalhista e o fim da obrigatoriedade do imposto sindical.

O diretor técnico do Dieese, Clemente Ganz Lúcio, afirma que a contribuição sindical é a coluna vertebral do movimento e a nova legislação fragiliza as entidades

Advogado que batalha em juízo contra curso golpista da Ufrgs disputará cadeira na Câmara

O ex-presidente estadual da Juventude do PP e autor da Ação Popular para barrar o curso "O Golpe de 2016", em andamento na UFRGS, disse esta manhã ao editor que vai disputar uma cadeira na Câmara dos Deputados.

O editor tem destacado neste espaço a atuação do advogado Fernandinho Lopes. Ele é natural de Butiá na Região Carbonífera. Fernandinho Lopes vem ocupando espaço na imprensa, tudo em consequência da luta jurídica para suspender curso na UFRGS, denominado "O Golpe de 2016 e a Nova Onda Conservadora no Brasil". Aos 31 anos, filho do ex-prefeito de Butiá, Comissário de Polícia, Fernando Ruskowski Lopes. ele tem militância no PP desde os 16 anos

Vice Cairolli surpreende ao ironizar obstruções às privatizações: "Vamos fechar esta Assembleia !"

O Jornal do Comércio gravou em vídeo a fala do vice.

A oposição (deputada Stela Farias) e até o presidente da Assembleia, Marlon Santos, reagiram, ontem, a uma fala bem humorada e irônica feita sexta-feira pelo vice-governador José Cairolli, no momento em que discursava no evento de lançamento de uma parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) para a simplificação da abertura de novos negócios.

Ao criticar a Assembleia Legislativa pela indefinição sobre a realização ou não de um plebiscito para a venda ou federalização das estatais CEEE, CRM e Sulgás, disse Cairolli.

- Eu, que sou um cara muito prático, talvez um pouco demais, já sugeri para o Sartori: ‘vamos fechar a Assembleia, se organiza tudo e abre de novo. Isso, neste momento, infelizmente a gente não pode fazer; então tem que ser no debate, na discussão, na falta de quórum.

Governo Temer não tem mais ambições

O governo Michel Temer não tem mais espaço para produzir reformas.

Não tem mais ambições.

A PF, a PGR e o STF encurralaram o presidente.

A ideia é administrar o que conseguiu de avanços, como a estabilização da economia - inflação sob controle e retomada do crescimento.

Temer diz que não tem medo de ir para a prisão como Lula

O jornal Correio do Povo de hoje reproduz a declaração ao lado do presidente Michel Temer, que surpreendeu os repórteres da CBN ao avisar que não tem medo de ser preso, a exemplo do que ocorreu com o réu condenado e encarcerado por corrupção Luiz Inácio Lula da Silva.

Se for preso, Temer iria para a cadeia pelo mesmo crime.

 A declaração foi feita no mesmo dia em que o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), atendeu ao pedido da Polícia Federal para prorrogar por 60 dias o inquérito que o investiga por suspeitas de irregularidades na edição do Decreto dos Portos. “Não temo (ser preso) não. Seria uma indignidade. Lamento estarmos falando sobre isso”, disse Temer, quando foi perguntado sobre a possibilidade levantada por procuradores de ser alvo de medidas cautelares assim que deixar o governo.

Temer voltou a negar ter beneficiado a empresa Rodrimar ao editar o Decreto dos Portos e disse que não há motivos para o processo ter prosseguimento. 

Tempo será bom no RS, exceção da Metade Oeste

Porto Alegre, 8h30min, 20 graus

A MetSul diz que pode chover em algumas regiões do RS, sobretudo na Metade Oeste.

A  nebulosidade aumentou em parte do Estado.

Em Porto Alegre, a manhã abriu de novo com céu azul e poucas nuvens, com temperatura amena.

De fato, na Capital o tempo seco seguirá predominando com sol e nuvens. As marcas devem ficar entre 16°C e 28°C.