Denis Lerrer Rosenfield, O Estado de S.Paulo - Moral e política

Querer impor um novo mundo por decisões judiciais expressa uma forma de messianismo

Moral e política têm sido tão entrelaçadas em nosso país que por vezes se perde uma distinção essencial entre essas duas áreas do conhecimento e da ação. Se, por um lado, é um ganho político e institucional da maior importância moralizar a política, por outro, não se pode tornar essa mesma política uma atividade de cunho moral.

Uma coisa é a sociedade assumir a moralidade pública como bandeira, exigindo que os políticos ajam de acordo com os critérios de honestidade no tratamento da coisa pública – que, justamente por ser pública, não pode ser apropriada privadamente.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

Jogo de empurra entre TCE e Fazenda joga cisco nos olhos dos contribuintes

Todos os Poderes são conivente e desfrutam das mentirosas contas.

O TCE do RS tenta livrar a cara e atribui à secretaria estadual da Fazenda a montagem da equação que falseia os números sobre gastos de pessoal do governo (Executivo, Judiciário e Legislativo).

É um jogo de empurra.

A equação falsa foi gestada, tolerada e prazeirosamente usada pelos Poderes, tudo para se refestelarem com aumentos salariais exagerados para todo o andar de cima e de baixo do setor público estadual.

O contribuinte tem sido enganado ao longo do tempo, mas paga tudo sem protesto algum.

Bovinamente.

PMDB gaúcho pode listar Simon e Rigotto como nomes do PMDB para a presidência da República

O PMDB do RS ainda não sabe que nome levará à convenção nacional do dia 16, que acontecerá em Brasília e poderá discutir nomes do Partido para a disputa presidencial.

O ex-senador Pedro Simon já foi apresentado em reunião partidária realizada em Arambaré, mas agora outros setores peemedebistas passaram a acenar com o nome do ex-governador Germano Rigotto.

Marco Alba, prefeito de Gravataí e um dos líderes mais influentes do PMDB, articula o nome de Rigotto.

Atentado terrorista em Nova York deixa quatro feridos

O terrorista de origem muçulmana foi ferido e preso. 

Um artefato explosivo foi detonado em uma estação de metrô e ônibus no centro de Manhattan, em Nova York, por volta de 7h30 (no horário local) desta segunda-feira. 

Um suspeito, identificado como Akayed Ullah, de 27 anos, foi detido. Ferido, ele foi levado ao hospital.

Pelo menos quatro pessoas resultaram feridas.

O terrorista é de Bangladesch.

As autoridades ainda não sabem se ele teve cúmplices.

ARP concede inédito primeiro prêmio para site de internet

A premiação do Salão de Propaganda do RS, este ano, ao contemplar como veículo do ano um site de internet, o Gaúcha ZH, é um acontecimento inédito na história da ARP.

Um prêmio justo.

Os demais prêmios do Salão de Propaganda fizeram justiça a agências e profissionais inovadores como Moove (agência), Fábio Bernardi (Morya), Marcelo Pires (Competence) e Telmo Ramos (7.22 Comunicação).

Moove, Morya e Competence faturaram quase todos os prêmios.

GM começará esta noite seu terceiro turno, com mais 700 trabalhadores

Vai começar esta noite o terceiro turno no complexo automotivo da GM de Gravataí.

Foram criados 700 novos empregos.

Governos brasileiro e americano querem rápido acerto entre Bolognesi, New Fortress e Aneel

O governo Sartori, o prefeito de Rio Grande, a bancada federal gaúcha e a Assembléia, atuam diretamente no caso. A interlocução passa sempre pelas mãos do deputado Darcisio Perondi e do chefe da Casa Civil, Fábio Branco.

Os governos americano e brasileiro participam diretamente das articulações que poderão resultar na devolução da outorga da usina térmica a gás de Rio Grande para o grupo Bolognesi e da venda deste empreendimento para a New Fortress.

O presidente Temer e o chanceler Aloysio Nunes Ferreira tratam de tudo diretamente com a embaixada dos Estados Unidos.

Usina térmica a gás de Rio Grande poderá gerar ICMS de R$ 450 milhões por ano

A Mitsubishi acha que pode construir e entregar operando em 2020 o terminal e a usina térmica a gás (1,3 gigawatts, R$ 3 bilhões de investimento), caso comece as obras imediatamente.

Em 2021 a usina começaria a fornecer energia para as distribuidoras.

Com a usina em pleno funcionamento, tudo indica que ela poderia gerar R$ 450 milhões anuais apenas de ICMS, 25% dos quais para Rio Grande).

Usina a gás de Pernambuco atrapalha negócio da Bolognesi em Rio Grande

A Aneel ainda não decidiu se mantém ou não a outorga para a usina térmica a gás de Rio Grande, porque a Bolognesi também tenta passar adiante outra usina igual, esta em Pernambuco.

Rio Grande só sairá se Pernambuco (Suape) for cancelada ou adiada ad perpetuam memoriam. 

Está mais perto a entrega da usina a gás (R$ 3 bilhões) de Rio Grande para a New Fortress

A Aneel decidiria sobre a revisão da outorga amanhã, dia 12, mas concordou em adiar tudo para o dia 12. Agora, New Fortress e Bolognesi reivindicam postergar tudo para o dia 22.

A americana New Fortress já protocolou na Aneel uma das duas principais exigências para que a agência reveja a cassação da outorga concedida ao grupo gaúcho Bolognesi para a construção e operação da usina térmica a gás de Rio Grande, investimento de R$ 3 bilhões, capaz de gerar 1,3 gigawath de energia:

- Foram entregues o acordo pelo qual a Mitsubshi fará a construção da usina até 2020, um ano antes do prazo estipulado para fornecimento da energia para as distribuidoras, e também foi entregue o acordo que garantirá o fornecimento de gás, no caso o afretamento de navios por parte da norueguesa Galor Power.

A New Fortress, que quer comprar o negócio da Bolognesi, terá que entregar, também, contrato de promessa de compra a venda, mas que somente será fechado depois que a Aneel garantir a outorga.

Empregados das fundações gaúchas decidirão esta tarde se aceitam ou não a proposta de PDV

Esta tarde, 14h, estarão reunidos em assembléia os empregados das seis fundações que o governo gaúcho extingue.

Eles vão decidir se aceitam ou não a proposta prevista no Programa de Demissões Voluntárias.

Será na igreja Pompéia, Porto Alegre.

Petrobras quer que Gleise Hoffmann devolva R$ 1 milhão

A informação é da revista Época.

A  estatal encaminhou ao STF um “documento em que afirma esperar as condenações da presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, e de seu marido, Paulo Bernardo, e quer que o casal devolva no mínimo R$ 1 milhão.

Ivan Marx terá que permanecer em Brasília

Ivan Marx, o procurador que protagonizou a Operação Rodin no RS, queria voltar para Porto Alegre, mas não conseguiu vaga. 

Terá que permanecer em Bra´silia.

Marx, como procurador, pediu a absolvição do ex-presidente na ação penal por obstrução de Justiça denunciada por Delcidio do Amaral.

Nelson Jobim, banqueiro do BTG Pactual, falará esta noite para o PMDB do RS

Amigo carnal de Lula, ele foi ministro da Justiça de FHC,além de ministro da Defesa dos governos Lula e Dilma Roussef, PT. Atualmente, é diretor, sócio e membro do Conselho de Administração do banco BTG Pactual, cujo dono, André Esteves, foi preso no Rio sob acusação de corrupção e obstrução às investigações da Lava Jato.

O banqueiro do BTG Pactual, responsável pela área de relações institucionais (lobby, entre outras tarefas) falará esta noite em evento do PMDB no Hotel Embaixador.

Nelson Jobim falará sobre o que ele chama de "Constituição Cidadã".

É improvável que o ex-ministro e um dos relatores da Constituição de 88, fale sobre o estudo que em 1997 fizeram dois professores da Universidade de Brasília (UnB), que afirmaram que parte de um artigo foi incluído na Carta Magna sem passar pelo Plenário. O dispositivo inserido, segundo eles, beneficiou credores internacionais da dívida externa. As alíneas “a”, “b” e “c” do artigo 166 (172, na versão original) tratam de privilégios para o pagamento da dívida, de pessoal e de transferências aos estados e municípios (veja aqui). Os autores do trabalho responsabilizaram pela inserção do texto o ex-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) Nelson Jobim, então deputado constituinte pelo PMDB gaúcho e líder do partido, e o ex-deputado Gastone Righi (SP), que liderava a bancada do PTB.

Há quatro anos, Jobim admitiu ao jornal O Globo ter inserido, sem submeter ao Plenário, dois artigos na Constituição. Um deles, revelou, era sobre a independência dos poderes – o artigo 2º. Sobre o outro artigo, ele nada explicou. O ex-líder do PMDB prometeu escrever um livro para explicar tudo, mas até hoje não deu início à obra.

Dólar opera em queda e Bolsa sobe nesta segunda-feira

A Bolsa subia, e o dólar comercial operava em queda nesta segunda-feira. Por volta das 11h20, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, avançava 0,66%, a 73.212,73 pontos, enquanto a moeda norte-americana caía 0,47%, a R$ 3,279 na venda.

Marun assumirá ministério da articulação política nesta quinta-feira

O Planalto confirmou a posse do deputado Carlos Marun nesta quinta-feira, 17h. Ele substituirá Antonio Imbassahy e fará a interlocução política e parlamentar do governo Temer.

Prefeitura faz a maior apreensão do ano de mercadorias ilegais no centro da capital

A SMDE (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico), por meio dos setores de fiscalização de atividades ambulantes e localizadas, realizou na sexta-feira mais uma ação de combate ao comércio irregular no Centro Histórico onde foram recolhidos mais de 12 mil itens irregulares.

Em toda a operação, foram apreendidos diversos tipos de produtos, todos sem procedência, entre os quais estavam águas minerais, óculos de sol, cigarros, perfumes, entre outros.

As águas e os brinquedos apreendidos serão doados para a Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc) e entidades sociais.

Maia lerá proposta de reforma da previdência nesta quinta-feira

A proposta de reforma da previdência será lida nesta quinta-feira na Câmara e logo em seguida o presidente Rodrigo Maia subirá à tribuna para defendê-la.

Rodrigo Maia quer iniciar a votação na própria quinta.

Amanhã a noite, dirigentes de entidades empresariais e de trabalhadores serão recebidos no Palácio do Planalto pelo presidente Michel Temer, que pedirá apoio.

Prefeitura de Porto Alegre paga mais R$ 750,00 para seus servidores

A Prefeitura de Porto Alegre realiza nesta terça-feira, 12, mais um depósito da folha de pagamento do funcionalismo do mês de novembro. Será creditada a quinta parcela, no valor de R$ 750, integralizando os salários de 55% dos servidores (17.268 matrículas). Os valores somam R$ 12 milhões.

De acordo com a Secretaria Municipal da Fazenda, o saldo restante, de R$ 47 milhões (45% das matrículas), será pago até 14 de dezembro, conforme o ingresso de receitas nos cofres municipais.

A folha de pagamento total do funcionalismo ficou em R$ 138 milhões. A primeira parcela dos salários, no valor de R$ 1.150, e a segunda, no valor de R$ 600, foram pagas em 30 de novembro. A terceira parcela, no valor de R$ 1.000, foi paga em 5 de dezembro e a quarta parcela, no valor de R$ 400, foi paga em 7 de dezembro.

Temer admite deixar reforma da previdência para o ano que vem

O presidente Michel Temer admitiu no domingo a possibilidade de a reforma da Previdência ser votada somente em 2018 na Câmara dos Deputados, ao mesmo tempo que afirmou acreditar que será "possível" aprovar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que trata do assunto ainda neste ano na Casa:

-  Eu suponho que talvez seja possível (votar neste ano), mas se não for, nós vamos encerrar a discussão ainda neste ano e esta matéria da Previdência não vai parar. Se não for neste ano, será no início do ano que vem.

O presidente falou em Buenos Aires, onde participou de reunião da Organização Mundial do Comércio (OMC).

Governos federal e estadual sentarão, amanhã, de novo, na AGU, para discutir adesão ao RRF dos Estados

Amanhã sairá a nova rodada de negociações entre representantes dos governos estadual gaúcho e federal, tudo no âmbito da Câmara de Conciliação e Arbitragem da AGU, Brasília, para tentar elidir os pontos de desacerto existentes no âmbito da proposta de adesão ao RRF dos Estados.

Será a terceira vez que sentam frente a frente os técnicos da STN e da PGFN com técnicos e autoridades do Tesouro do Estado e secretaria da Fazenda, mais o vice-governador José Cairolli.

O deputado Darcísio Perondi, que acompanha de perto toda a demanda gaúcha, disse ao editor que falou no sábado com o presidente Michel Temer e este conversou no domingo com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, sobre a necessidade de concluir os termos de entendimento antes do Natal.

Análise - Surpresa baixista com o IPCA de novembro reforçou cenário favorável para a inflação

Com Dilma e o PT, a inflação passou dos dois dígitos e em trajetória de alta. Em menos de dois anos, o governo Temer fez o índice despencar de modo vigoroso e com viés de baixa.

Os economistas do Bradesco acabam de enviar esta análise para este blog:

O IPCA registrou alta de 0,28% em outubro, de acordo com os dados divulgados na última sexta-feira pelo IBGE. O resultado veio abaixo da nossa projeção e da mediana das expectativas do mercado, ambas em 0,35%. Em relação ao nosso número, a surpresa concentrou-se nos itens de alimentação, que apresentaram deflação maior que a esperada. A desaceleração em relação a outubro refletiu a menor variação de sete dos nove grupos que compõem o índice, com destaque para os preços de alimentos, que passaram de uma queda de 0,05% para outra de 0,38%. Destacou-se também a desaceleração dos preços de vestuário, que passaram de uma alta de 0,71% para outra de 0,10%. Os núcleos continuaram bem comportados, dando suporte ao ciclo de flexibilização monetária em curso. Com esse resultado, o IPCA acumulou elevação de 2,8% nos últimos doze meses, ligeiramente acima dos 2,7% observados na leitura anterior. As surpresas recentes com a inflação nos levaram a reduzir nossa projeção de IPCA para deste ano de 3,1% para 2,8%. Para 2018, continuamos projetando alta de 3,9%.

Produção industrial cresceu em seis das 14 regiões, diz IBGE

A produção industrial avançou em seis das quatorze regiões pesquisadas em outubro em relação a setembro, conforme os dados divulgados na última sexta-feira pela Pesquisa Industrial Mensal Regional do IBGE, já descontados os efeitos sazonais. 

No país, a produção industrial mostrou crescimento de 0,2%, influenciada majoritariamente pelo Amazonas, com alta de 3,9%, seguido de Santa Catarina e Ceará, com crescimento de 1,6% e 1,2%, respectivamente. No sentido oposto, oito regiões apresentaram queda, com destaque para o Nordeste. Na Bahia houve recuo de 7,0%, enquanto Pernambuco teve queda de 2,1%. 

Na comparação interanual, a produção industrial brasileira avançou 5,3%, com dez dos locais pesquisados registrando crescimento, sendo o Mato Grosso e o Pará as principais unidades da federação que impulsionaram o resultado positivo, com altas de 29,1% e 17,1%, respectivamente. Além disso, foi observada expansão de 1,9% da produção industrial brasileira no acumulado do ano, influenciada de maneira majoritária pelo avanço de 10,5% da indústria do Pará e de 5,0% do Paraná.

Mercado passa a apostar em inflação ainda menor e em PIB maior em 2017

O mercado alterou suas estimativas para o PIB e a inflação deste e do próximo ano, segundo projeções coletadas até o dia 8 de dezembro e divulgadas há pouco pelo Relatório Focus do Banco Central. 

Inflação - A mediana das expectativas para o IPCA deste ano caiu de 3,03% para 2,88%, enquanto a de 2018 ficou estável em 4,02%. 
PIB - Já a mediana das expectativas para o crescimento do PIB neste ano subiu de 0,89% para 0,91% e foi de 2,60% para 2,62% para 2018.  
Juros - As expectativas para a mediana da taxa Selic mais uma vez não se alteraram, permanecendo em 7,0% para o final de 2018. 
Câmbio - Por fim, as projeções medianas para a taxa de câmbio para o final deste ano se mantiveram em R$/US$ 3,25 em 2017 e R$/US$ 3,30 em 2018.

Airbus pagará R$ 30 milhões aos familiares das vítimas do voo da TAM

O avião partiu de Porto Alegre. Um dos passageiros era o deputado gaúcho Júlio Redecker.

Airbus, fabricante do avião da TAM que explodiu ao sair da pista do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, em 2007, vai pagar uma indenização de mais de R$ 30 milhões a um grupo de familiares das vítimas. No acidente, 199 pessoas morreram. O acordo foi homologado no Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ).


A Airbus, fabricante do avião, vai indenizar em mais de R$ 30 milhões um grupo de 33 familiares.

Polícia Federal abre a semana com ação sobre a Receita Federal no caso JBS

A Polícia Federal e desta vez o alvo é a Receita Federal, tudo para investigar a ação da JBS, que  confessou o pagamento de R$ 160 milhões em propinas para liberar seus créditos tributários por meio de empresas de fachada e notas frias.

Piratini pagará, hoje, todos que ganham até R$ 3 mil no Executivo

Nesta segunda-feira, o governo estadual gaúcho pagará os salários de quem ganha até R$ 3 mil. O Piratini espera pagar todos os servidores do Executivo até o dia 13. Servidores do Legislativo, Judiciário, Ministério Público e TCE, os mais bem pagos, receberam salários integrais em dia.

Com o pagamento de hoje, 62% da Folha do Executivo estará quitada.

A Folha de novembro custará R$ 1,2 bilhão aos cofres públicos.

Segunda-feira será dia de sol e temperatura amena no RS

Porto Alegre, 8h30min, 19 graus

Uma massa de ar mais seco e frio toma conta do Rio Grande do Sul nesta segunda-feira, que abriu ensolarado. 

A temperatura estará mais agradável nesta segunda-feira, a exceção do Oeste e do Noroeste que seguem com muito calor. 


Em Porto Alegre, a temperatura mínima será de 17°C e a máxima de 27°C.

Saiba quem votará com o lulopetismo e o corporativismo público, portanto contra a reforma da previdência

O Estado de S. Paulo não conseguiu falar com os 31 deputados federais gaúchos, mas dos que encontrou, apenas dois garantiram que votarão a favor e 16 abriram voto totalmente contra.

 O dois que garantiram voto a favor, ambos do PMDB, partido de sustentação do governo, são Alceu Moreira e Darcísio Perondi.

Vão votar com o lulopetismo:

Afonso Hamm (PP)
Afonso Motta (PDT)
Assis Melo (PCdoB)
Bohn Gass (PT)
Covatti Filho (PP)
Heitor Schuch (PSB)
Henrique Fontana (PT)
José Stédile (PSB)
Marco Maia (PT)
Marcon (PT)
Maria do Rosário (PT)
Onyx Lorenzoni (DEM)
Paulo Pimenta (PT)
Pepe Vargas (PT)
Pompeo de Mattos (PDT)
Sérgio Moraes (PTB)

Casais gays, 1% do total do bolo, possuem renda 65% maior do que a renda dos casais heterossexuais, diz IBGE

Hoje, segundo levantamento da FGV social, são 304 mil pessoas o número de gays vivendo juntos no Brasil.

De acordo com amostra de cerca de 35 milhões de entrevistas coletadas em seis anos pelo IBGE, o número de casais homoafetivos (1% do total) que moram juntos no Brasil, cresceu 170% em cinco anos.

O levantamento diz ainda que a renda média de indivíduos que compõem casais homoafetivos é 65% maior do que a dos chefes de família heterossexuais, que, por sua vez, têm três vezes mais filhos morando com eles. Uma combinação, segundo o economista Marcelo Nery, que potencializa o chamado “consumo gay”.

Caixa Federal quer tomar R$ 15 bi do FGTS, dinheiro dos trabalhadores. É uma manobra suja de capitalização do banco.

A operação põe em risco o patrimônio dos trabalhadores. O TCU quer barrar a sujeira. O governo Temer estimula o projeto, que quer usar contabilidade criativa para capitalizar o banco. Os R$ 15 bilhões seriam dados em troca de bônus perpétuos

A manobra suja do Congresso para dar roupagem legal à operação de socrro à Caixa Federal com recursos que são dos trabalhadores, resultado de depósitos no FGTS, poderá criar um precedente perigoso.

Isto é o que acha o procurador Júlio Marcelo de Oliveira, TCU, o mesmo que ajudou a implodir a gestão criminosa de Dilma, levando-a ao impeachment.

Se os congressistas aprovarem a manobra, outros bancos poderão bater às portas do fundo e pedir capitalização igual.

O projeto permite ao conselho curador do FGTS adquirir até R$ 15 bilhões pela Caixa, visando socorrê-la da sua própria má gestão e da corrupção petista que a saqueou.

O projeto é do PP, mesmo Partido do presidente da Caixa, Gilberto Occhi, beneficiado na partilha do goerno de coalizão.

Com nosso dinheiro, Dilma troca pernas pelo mundo e passa o fim de semana com dois rebotalhos da esquerda do Uruguai e da Argentina

Depois da visita ao Uruguai, com o nosso dinheiro, Dilma Rousseff atravessou o Rio da Prata e foi visitar Cristina Kirchner  em Buenos Aires neste fim de semana.

Antes da nova viagem, Dilma esteve num convescote com o patético ex-presidente uruguaio José Mujica.

As duas presidentes, ambas com contas pesadas a ajustar com o Poder Judiciário, trocaram afagos e trovararam mentiras na Argentina.


“Afetuoso encontro em minha casa com a companheira Dilma”, escreveu no Twitter a ex-presidente da Argentina ao divulgar foto de ambas em seu apartamento no bairro de Recoleta.

Dilma também divulgou fotos.

UNE acha que roubalheiras nas universidades não devem ser investigadas

Em entrevista à TV 247, site247, geralmente alinhado com o PT, a presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Marianna Dias, criticou as investigações em andamento na Ufrgs, Ufsc e Ufmg - nas universidades federais brasileiras. Dias esteve na UFMG no dia em que o reitor Jayme Arturo Ramírez e outros funcionários da instituição foram levados coercitivamente pela PF para explicar roubalheira de dinheiro público (a investigação é feita sobre recursos públicos desviados no Memorial da Anistia). 

A prfesidente da UNE afirma que é preciso enfrentar esta campanha de "desmoralização" das universidades, mas não é preciso enfrentar o roubo de dinheiro dos contribuintes, porque "as operações tentam sensibilizar a opinião pública  para o fato falso de que as universidades públicas estão imersas numa lama de corrupção para justificar sua privatização.

A UNE e a esquerdalha verde-amarela sabem que a lama de corrupção é verdadeira, além do obscurantismo da academia brasileira.

Marchezan Júnior apresenta seu novo filho, Bernardo

Ao contrário de Lula e de Olívio, que demoraram muito para assumir filhos gerados fora do casamento, Marchezan Júnior reconheceu seu novo filho.

O prefeito Marchezan Júnior, PSDB, usou as redes sociais para apresentar o seu segundo filho, Bernardo, fato que era desconhecido de quase todo mundo. No Facebook, Marchezan postou seis fotos da criança. 

Na legenda das fotos, o prefeito descreveu o menino como "saudável e meigo". Bernardo, o novo filho de Marchezan, é de Brasília, fruto de um relacionamento ocorrido no ano passado, mas Marchezan Júnior não quis falar na mãe.


Além de Bernardo, Marchezan é pai de Nelson Marchezan Neto, de nove anos, que vive com a mãe em Dom Pedrito. O prefeito foi casado com a mãe de Marchezan Neto.